Conteúdo de celebridades no Instagram está ligado a sentimentos negativos, diz pesquisa do Facebook

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Silhuetas de pessoas usando smartphones, com logotipo do Instagram ao fundo
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Sheila Dang

(Reuters) - As principais estrelas das rede sociais, incluindo Kim Kardashian, Justin Bieber e Charli D'Amelio, estão entre as celebridades cujos seguidores do Instagram experimentam sentimentos mais negativos sobre sua autoimagem, de acordo com uma pesquisa interna do Facebook divulgada pelo Wall Street Journal nesta semana, levantando questões sobre o impacto da cultura das celebridades.

O WSJ publicou slides da pesquisa que vazaram na quarta-feira, que serviram de base para reportagens publicadas no início deste mês, dizendo que o Facebook sabia que seus aplicativos prejudicavam a saúde mental de alguns adolescentes e usuários jovens.

A pesquisa, intitulada "Comparação social no Instagram", entrevistou 100 mil pessoas em março e abril de 2020 em nove países, incluindo Estados Unidos, Austrália e Brasil.

O porta-voz do Facebook, Kevin McAlister, disse que não foi solicitado aos entrevistados que citassem contas específicas, mas os pesquisadores descobriram que as contas de celebridades eram "algumas das contas mais frequentemente vistas por pessoas que nos disseram ter experimentado níveis mais altos ou mais baixos de comparação social negativa no Instagram", com base nos dados internos da empresa.

Ele observou que as descobertas faziam sentido porque as celebridades listadas têm mais de 30 milhões de seguidores cada.

Os pesquisadores do Facebook não estudaram se a exposição dos usuários a essas contas de celebridades levou a sentimentos negativos sobre eles mesmos.

A cantora Ariana Grande e a modelo Kendall Jenner estão entre as celebridades cujos seguidores consideram a comparação social mais negativa, descobriram os pesquisadores do Facebook.

Os pesquisadores observaram nos slides que a empresa poderia fazer parceria com as estrelas em campanhas para reduzir a comparação negativa.

Por outro lado, as contas do Instagram pertencentes ao "The Ellen Show", que é apresentado pela comediante Ellen DeGeneres, o ator norte-americano Will Smith e o jogador Neymar tiveram seguidores que sentiram uma "comparação menos negativa", de acordo com o slide da pesquisa. Os pesquisadores do Facebook descobriram que ver mais conteúdo de celebridades no feed do Instagram está associado a uma comparação mais negativa.

Quase metade do conteúdo que as pessoas veem no Instagram vem de celebridades, mostrou a pesquisa.

(Por Sheila Dang em Dallas)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos