Considerada 'branca demais', Fabiana Cozza desiste de viver Dona Ivone Lara em musical

Cantora renuncia em meio à polêmica gerada pelo novo projeto teatral (Reprodução/instagram.com/fabianacozza)

Após ser escolhida para viver Dona Ivone Lara em um musical sobre a vida e a obra da sambista falecida em abril deste ano, a cantora Fabiana Cozza, 42, recebeu inúmeras críticas de pessoas que a consideraram “branca demais” para o papel da homenageada.

Por conta da polêmica, Fabiana decidiu renunciar ao trabalho no teatro e divulgou um comunicado falando sobre o assunto na web. “Renuncio por ter dormido negra numa terça-feira e numa quarta, após o anúncio do meu nome como protagonista do musical, acordar ‘branca’ aos olhos de tantos irmãos”, desabafou ela no Instagram.

Leia mais:
Ex-panicat abandona televisão e decide estudar veterinária
Patrícia Poeta aparece sem maquiagem em shopping no Rio de Janeiro

“Quero que este episódio sirva para nos unir em torno de uma mesa, cara a cara, para pensarmos juntos espaços de representatividade para todos nós”, postou a artista que segundo o jornal “O Globo”, conviveu com Dona Ivone Lara e gravou com ela que chegou a aprovar a escolha da amiga para interpretá-la nos palcos.