Conselho de Enfermagem arquiva processo de investigação de Klara Castanho

Klara Castanho © Instagram credit:Bang Showbiz
Klara Castanho © Instagram credit:Bang Showbiz

A investigação sobre vazamento de informações do caso Klara Castanho foi arquivada pelo Conselho de Enfermagem.

A atriz, 22, engravidou após um estupro em 2022, e por ter descoberto a gestação tarde demais para realizar um aborto, explicou ter optado pela entrega voluntária do bebê. Klara veio a público após a notícia ter sido supostamente vazada por colunistas e influencers que receberam informações confidenciais de uma enfermeira que cuidava da estrela.

Em nota, o Coren-SP relatou que, após investigações, não foi constatada a "participação de nenhum funcionário em relação ao vazamento das informações da paciente".

"O conselho seguiu todos os ritos processuais, solicitou documentos à instituição hospitalar e convocou os profissionais do plantão à época do fato denunciado, porém não constatou a participação de nenhum profissional de enfermagem em relação ao vazamento de quaisquer informações sigilosas de pacientes, o que levou ao arquivamento do processo. Até o momento, o Coren-SP também não recebeu denúncia por parte da atriz quanto ao tema", dizia o comunicado divulgado na última semana.

Klara ainda não se pronunciou sobre a decisão da entidade que fiscaliza a conduta dos profissionais da enfermagem.