Conheça a Terapia do Trovão, a nova tendência da indústria do bem-estar

A Terapia do Trovão é a mais nova tendência da indústria do bem-estar [Foto: Getty]

Por Marie Claire Dorking

As tempestades costumam dividir as pessoas. Alguns se escondem embaixo do cobertor no momento em que ouvem o primeiro trovão, enquanto outros acreditam que ouvir o barulho da chuva intensa é extremamente relaxante.

Receba novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais) no seu Whatsapp

Se você faz parte do segundo grupo, provavelmente vai gostar de saber que a Terapia do Trovão já faz parte de uma nova tendência da indústria do bem-estar.

Mais do que isso, ela conta com o respaldo da ciência.

De acordo com um estudo recente, realizado por pesquisadores da Escola de Medicina de Brighton e Sussex, na Inglaterra, sons da natureza como a chuva, o farfalhar das folhas e o canto dos pássaros alteram fisicamente as vias neurais de nossos cérebros, nos ajudando a ficar mais calmos.

A pesquisa descobriu que participantes que ouviam sons artificiais apresentavam padrões de atenção focada internamente, associados a condições como depressãoansiedade e transtorno do estresse pós-traumático.

No entanto, aqueles que escutavam sons da natureza favoreciam uma atenção focada externamente, o que sugeria que estavam se sentindo mais relaxados.

Portanto, assim como o som de elementos naturais como o vento e a chuva leve, as tempestades e os trovões também podem ter um efeito calmante em nossas mentes.

Além disso, é preciso destacar aquela sensação de aconchego que associamos a nos mantermos aquecidos e seguros enquanto uma tempestade cai violentamente do lado de fora.

“A Terapia do Trovão é uma prática de mindfulness na qual você escuta o som de trovões ou outros sons da natureza, e produz um efeito calmante na ansiedade, ajudando a aliviar o estresse,” explica Selma Studer, fundadora do estúdio de meditação GONG.

Felizmente, há diversos aplicativos e vídeos no Youtube que reproduzem o som relaxante de uma tempestade, já que sentar e esperar que a chuva comece a cair não é uma opção muito prática.

Selma tem outras sugestões para aqueles que gostaram da ideia da Terapia do Trovão, mas não são muito fãs das tempestades.

“Sempre que você sentir o estresse ou a ansiedade chegando, vá para um lugar ao ar livre e mantenha o foco em ouvir tudo ao seu redor – os pássaros cantando, a chuva caindo, e até o som dos pneus sobre o asfalto”.

Ouvir sons da natureza, como o dos trovões, pode ajudar as pessoas a se sentirem mais calmas [Foto: Getty]

Selma diz que a prática de se concentrar e perceber quais sons estão ao seu redor é uma técnica de mindfulness muito eficaz, pois fortalece a habilidade de focar e observar, sem ficar disperso em seus próprios pensamentos.

“Outra forma eficaz de usar o som para reduzir o estresse e a ansiedade é tentar a terapia do som, ou seja, ouvir vários diferentes tipos de sons e mergulhar neles, para o relaxamento,” continua ela.

“Quando você é exposto às ondas sonoras audíveis e físicas, de instrumentos como o gongo, por exemplo, você experimenta um estado profundo de relaxamento”.

“Isso acontece por causa do efeito direto que este som tem na atividade cerebral, bem como do impacto que as vibrações têm no seu sistema nervoso. O som é uma técnica de cura poderosa para a mente e para o corpo, por causa deste efeito duplo”.

“Seja o som da natureza ou o som de um gongo, ouvir sons relaxantes pode acalmar a mente e reduzir sentimentos de estresse e ansiedade,” acrescenta Selma.