Quem é o influenciador que quer arrumar emprego para os seguidores

Victor Oliveira: o influenciador que quer arrumar emprego para os seguidores (Foto: Reprodução/Instagram @victoroliveira)

Enquanto o Brasil conta com mais de 12 milhões de desempregados e “o governo não faz nada”, como diz o meme, um influenciador digital de Búzios, no Rio de Janeiro, parece ser a esperança de muita gente. Victor Oliveira (@victoroliveira), de 27 anos, chegou na internet em 2008, quando tudo ainda era mato, mas atingiu seu auge no último ano após criar quadros superdivertidos (e necessários) nos Stories do Instagram. Em um deles, o publicitário chega a assumir um papel social: ele ajuda os seguidores a arrumarem emprego e divulga os seus trabalhos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Atendendo a pedidos, ele criou o ‘ViJobs’ há menos de um mês - e o nome não poderia ser mais criativo, não é mesmo? O jovem abre espaço em sua conta na rede social com mais de 200 mil seguidores para exaltar os fãs que são prestadores de serviços, possuem pequenas marcas e ainda compartilha vagas. O quadro vai ao ar semanalmente e mais de 6 mil pessoas tentaram participar das primeiras três edições.

Leia também

A dinâmica é simples: quando Victor abre a caixa de perguntas do quadro, basta escrever o que você faz, de onde é e esperar que ele te note entre milhares de mensagens. “Você que é autônomo, cuidador de pet, doceira, designer... Você que tem um brechó, é maquiadora ou professor particular”, convoca o influenciador na vinheta do miniprograma.

Victor Oliveira é o criador do quadro "ViJobs" (Foto: Reprodução/Instagram @victoroliveira)

Os escolhidos da vez têm seus perfis divulgados com o bom-humor do jovem, que faz questão de valorizar os projetos. Em entrevista ao Yahoo, Victor diz que se sente realizado por conseguir ajudar tanta gente. “Recebo o retorno das pessoas que participam e muitos já estão empregados, não param de vender e de ganhar seguidores depois do ‘ViJobs’. Todo mundo se apoiando. Estou muito feliz e satisfeito”, conta. O publicitário ainda revela que o quadro também é uma saída para não cansar os seguidores com os famosos “recebidos”. “Sei que é massivo postar os ‘recebidos’ nos Stories, então divulgo as marcar sem precisar que me enviem coisas”, explica. ‘ViJobs’ não é bagunça, viu?

O influenciador acredita que “não faz mais que a obrigação” ao ceder esse espaço para os seguidores e ressalta a importância da troca com o público. “Os influenciadores entram numa bolha e só respondem comentários quando precisam dos fãs, quando fazem ‘publi’. A comunicação é uma via de mão dupla. Como você quer contar com alguém se você não oferece nada para essa pessoa? Temos que colocar eles para falar, somos uma comunidade”, dispara.

Victor ainda banca o cupido e “psicólogo” na internet

Como o povo gosta de ter sorte no jogo e no amor, o influenciador ainda se esforça para exibir os followers solteiros que estão à procura no quadro ‘ViTinder’ - os apps de relacionamento piram! “Não é uma fórmula nova, mas gera um entretenimento engraçado pra todos. Assim como no ‘ViJobs’, umas cinco ou seis pessoas já estão namorando e tem gente marcando encontro até no exterior... E quando têm um encontro ruim, eles contam as histórias no ‘NESF’”, diz.

O ‘Não Está Sendo Fácil’ (ou ‘NESF’) reúne situações bizarras dos seguidores, que enviam seus relatos anonimamente e Victor ri de todas elas sem dó... Afinal, é isso o que ele e sua audiência fazem de melhor! Ambos também vão ao ar semanalmente.

Victor Oliveira compartilha história inusitada no 'NESF' (Foto: Reprodução/Instagram @victoroliveira)

Essas ideias surgiram há um ano em um momento em que Victor não estava satisfeito com o seu trabalho como influenciador digital, carreira que leva em paralelo ao trabalho como assessor pessoal da atriz Antônia Morais, filha de Glória Pires e Orlando Morais. O ‘NESF’ foi o primeiro de todos. “Já tinha 130 mil seguidores, mas estava de saco cheio com o Instagram e sabia que algo não estava rolando. Um dia acordei de madrugada, lembrei da comunidade ‘Não Está Sendo Fácil’ no Orkut e me inspirei para criar o quadro. Todos piraram e pediram de novo”, conta. Desde então, Victor angariou mais de 70 mil seguidores e os números só crescem. “É assustador. Faço tudo sozinho, até dou uma pirada, mas estou muito feliz”, finaliza.