Conheça a ioga subaquática, modalidade que promete ser a aposta para o verão

Reprodução/Adam Opris

Se você se interessa por ioga, mas não consegue realizar as posições que a prática exige, talvez uma opção seja ir pra baixo d’água. Essa é a ideia da ioga subaquática, que anda fazendo sucesso ao redor do mundo.

Leia mais: Ioga facial nos faz rejuvenescer até três anos, diz estudo

Segundo o The Plaid Zebra, os movimentos são mais fáceis de serem realizados quando estamos submersos na água citando, por exemplo, a diminuição da gravidade, que faz o corpo se sentir mais leve. Imagine que quando estamos mergulhados até o pescoço, sentimos apenas 20% de nosso peso, o que garante maior segurança para fazer ioga e evitar quedas no chão nas tentativas de posições mais complexas.

Leia mais: Grávida, mulher perde a visão após realizar posição de ioga

Vale lembrar que é preciso saber nadar e a ioga subaquática tem início em águas rasas e a medida que os praticantes evoluem, passa-se a explorar maiores profundidades. Assim como hidroginástica, a prática de ioga na água melhora dores musculares e articulações e é indicada para pessoas de mais idade. Confira um vídeo publicado pelo canal Yoga Synergy, que mostra algumas posições para principiantes: