Conheça 10 bares na periferia de SP para assistir aos jogos da Copa do Mundo e torcer pelo hexa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Chegou a hora de tirar a camiseta da seleção brasileira da gaveta, separar as vuvuzelas, reunir a família e começar os bolões com os amigos, porque já é Copa do Mundo. Pelas periferias de São Paulo, não faltam espaços para acompanhar os jogos da competição, tomar uma cerveja e comer um petisco.

Para o evento, bares já adaptaram a decoração e se preparam para receber um aumento do público. "Estamos bem animados, queremos receber nossos amigos e clientes como se eles estivessem no quintal de casa. Com cerveja bem gelada e grelhados para alimentar a resenha", afirma Daniel Faria, 42, que comanda o Sônego Bistrô, na zona sul da capital.

Ele instalou televisões tanto no térreo quanto no primeiro andar do bar, chamado de piso premium, além de contar com uma programação especial com a oferta de churrasco, drinques e petiscos de boteco no período.

Do outro lado da cidade, na zona norte, a Arena ZN espera que a Copa do Mundo fora de época traga ainda mais torcedores. "Não está aquele tempo seco, aquele clima de inverno, então coincidiu a Copa com o verão e a expectativa está bem grande para que possamos ser hexacampeões", diz Eduardo Neves, 32, que cuida da comunicação do espaço, que também tem quadras esportivas.

"Por ser uma casa voltada a esportes, os alunos e funcionários respiram o esporte, e transmitir ao público os jogos da Copa na Arena está sendo bem esperado por todos."

Conheça a seguir dez bares na periferia de São Paulo para assistir aos jogos do campeonato.

ARENA ZN

Além de bar, o Arena ZN oferece uma quadra para a prática de esportes na areia e aulas de futevôlei, beach tennis, vôlei de praia e funcional, fazendo jus ao nome "arena". Para a Copa do Mundo, o local está preparado para receber pela primeira vez desde a fundação, em 2020, a torcida do hexa —com comida, bebida e petiscos. Os drinques variam de R$15 a R$32, enquanto as cervejas estão na faixa de R$10 a R$18. A porção de batata frita custa R$30, já a de frango à passarinho sai a R$40.

Av. Eng. Caetano Álvares, 5.380, Santa Terezinha, região norte, arenazn.com.br. Seg. a sex., das 7h às 23h; sáb. e dom., das 8h às 23h

BAR DO LUIZ FERNANDES

Um dos mais tradicionais da zona norte, o bar funciona desde 1970 e oferece à clientela petiscos e salgadinhos, entre eles o mais popular da casa: o bolinho de carne. Com um amplo salão, o espaço exibe nas paredes recortes de jornais em que já foi citado e é referência quando se fala em um ponto para assistir a partidas de futebol, especialmente as internacionais, como o Campeonato Europeu. Para os dias de jogo do Brasil na Copa, a casa funcionará com reserva antecipada.

R. Augusto Tolle, 610, Mandaqui, região norte, bardoluizfernandes.com.br. Ter. a qui., das 16h às 23h30; sex. a dom., das 12h às 21h

BOLA BAR

A poucos metros do metrô Artur Alvim e nas proximidades da Neo Química Arena, o Itaquerão, o Bola Bar lota em dias de jogos e não deverá ser diferente durante a Copa do Mundo. O endereço conta com música ao vivo, espaço aberto para os clientes nos dias de sol, além de oferecer petiscos, sanduíches, carnes e refeições, com cervejas e drinques no cardápio de bebidas. As porções variam de R$ 21 (mandioca ou polenta frita) a R$ 49 (camarão à dorê). As cervejas estão na faixa de R$ 7 a R$ 10.

R. Maria Eugênia Celso, 134, Parque Artur Alvim, região leste. Ter. a dom., das 10h às 23h30; sex. e sáb., das 10h à 1h

BOTECO DO ROQUE

O Boteco e Restaurante do Roque é o lugar ideal para quem gosta de samba e pagode. Além de contar com a tradicional roda de samba todas as sextas, o bar também exibirá as disputas do Brasil na Copa. Em complemento à música ao vivo, os petiscos e as refeições reforçadas também ficam sob os holofotes e preferência dos clientes do Seu Carlos Roberto, conhecido como Roque, que gerencia o espaço há quatro anos.

Estr. das Taipas, 685, Jardim Rincão, região oeste. Seg. a ter., das 6h às 23h; dom., das 7h às 19h

CANTINA MINEIRA BISTRÔ

Recém-inaugurada, a cantina só funciona em horário de almoço, mas abriu uma exceção para os dias de jogo da seleção e vai prolongar o horário nessas datas. Com um espaço simples e aconchegante e comida feita no fogão à lenha, o bistrô aberto em agosto deste ano vai oferecer durante sua primeira Copa do Mundo porções à vontade por R$ 27,90. As bebidas podem variar de R$ 8 a caipirinha a até R$ 16,90 a cerveja.

R. Henrique Ivano Kammemann, 53, Capão Redondo, região sul, @cantinamineirabistro. Seg. a dom., das 11h às 15h, com horário prolongado nos dias de jogos do Brasil

CARLINHOS ESPETOS BAR

Para acompanhar o Brasil na disputa pelo hexacampeonato, uma boa opção é pedir um churrasco e uma cerveja gelada. No Carlinhos Espetos Bar, no Capão Redondo, na zona sul da capital paulista, é possível encontrar ambos, uma combinação que casa bem com as partidas.

R. Feres Bechara, 4, Capão Redondo, região sul. Seg., das 8h às 0h15; ter., das 11h às 20h; qua., das 8h às 22h; qui., das 8h às 0h; sex., das 8h às 21h; sáb., das 8h às 23h; dom., das 8h às 14h

CEARÁ ESPETINHOS

Para quem está próximo da Vila Curuçá, na zona leste, e é fã de churrasco, uma opção para assistir aos jogos da Copa é o Ceará Espetinho, que está decorado para receber os torcedores do hexa. Além do cardápio variado de espetinhos, a casa oferece porções diversas, feijoada, cervejas e drinques.

R. Cembira, 1.481, Vila Curuçá Velha, região leste, @cearaespetinhooficial. Seg. a sáb., das 12h às 0h

CHOPPERIA & ESPETINHO DO JUIZ

Com duas unidades, uma no bairro Jardim Três Marias e outra no bairro da Patriarca, a choperia deixa evidente no nome o que oferece: futebol, cerveja e churrasco. A sede pelos campos vem do próprio sócio, que já atuou como árbitro de futebol, e a administração do espaço, que conta com telão e música ao vivo e está na contagem regressiva para a Copa do Mundo.

Av. Antônio Estevão de Carvalho, 2.100, Cidade Patriarca, região leste chopperiaespetinhodojuiz.com.br. Qua. a sex., das 17h às 5h; sáb., das 12h às 5h; dom., das 15h à 1h

OS IMIGRANTES

Sinônimo de bom e barato, o endereço é referência em atendimento e custo-benefício no Rio Pequeno. Fundado por portugueses na década de 1970 —por isso a referência no nome—, o ambiente é opção para visitar com família e amigos. A feijoada é a estrela da casa, e contrafilé ao shoyu (R$ 40), batata frita (R$ 30) e mini pastéis (R$ 25) estão entre os petiscos que mais saem. O estabelecimento fica em uma avenida de grande movimento e deve ter uma demanda maior durante os jogos.

Av. do Rio Pequeno, 557, Rio Pequeno, região oeste, @lanchoneteosimigrantes. Seg. a sáb., das 6h às 22h; dom., das 8h às 17h

SÔNEGO BISTRÔ

Destaque no guia gastronômico das quebradas Prato Firmeza, o Sônego Bistrô possui um mirante com vista panorâmica da região de Chácara Santana. O espaço agora funciona por reserva: os clientes precisam informar previamente as datas que pretendem visitar o bistrô e a administração do bar fornecerá uma senha de acesso. O destaque do endereço é a cerveja artesanal própria —na compra de oito garrafas, paga-se cinco. Também oferecem lanches, porção de batata frita e feijoada.

R. João de Santana, 358, Chácara Santana, região sul, @sonegobistro