Compadre Washington é internado após assalto durante a Virada Cultural

Foto: Reprodução/Instagram (@compadrewashington)

Virada Cultural não foi nada tranquila para o Compadre Washington. Durante o evento repleto de entretenimento que acontece uma vez por ano no centro de São Paulo, o cantor foi assaltado, caiu e sofreu um ferimento na cabeça - e deu entrada no Hospital das Clínicas, na Zona Oeste de São Paulo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Mas não é necessário se exaltar: em nota, a assessoria do músico confirmou que ele está fora de perigo. Os representantes de Compadre Washington ainda revelaram que após sua apresentação, ele esteve em uma lanchonete quando foi atacado: “A produção da banda informou que o músico teve o seu aparelho de telefone roubado e sofreu uma queda que ocasionou um ferimento na cabeça, sendo prontamente encaminhado para uma unidade de saúde”, avisou o recado.

O cantor esteve presente na Virada Cultural junto com sua antiga banda, É o Tchan, onde celebrou diversos hits dos anos 90 - e ainda aproveitou para fazer uma palinha com o grupo Terra Samba.

Leia mais: É o Tchan coloca todos para dançar em periferia da zona sul

Segundo o G1, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que os assaltantes derrubaram as vítimas e fugiram no tumulto. Veja a nota de esclarecimento completa da assessoria do músico abaixo: