Como você se sentiria se outra pessoa anunciasse o nascimento do seu filho online?

Você ficaria muito chateado se alguém anunciasse o nascimento do seu filho antes de você? [Foto: Getty]

Uma mãe ficou chateada após seus sogros anunciarem o nascimento do seu filho nas redes sociais, mesmo após ela e o marido terem pedido para que eles não fizessem isso.

Você não precisa ter filhos para entender que fazer um anúncio no estilo “Bem-vindo ao mundo bebê X” é algo importante para muitas mães e pais.

Então, talvez você entenda que uma mãe tenha ficado chateada quando a grande revelação foi feita pelos seus sogros.

No site de maternidade Mumsnet, a mulher explicou o quanto ficou brava ao perceber que, mesmo após um pedido para que não fizessem isso, seus sogros anunciaram o nascimento de seu primeiro filho online.

“Meus sogros se tornaram avós pela primeira vez e anunciaram o nascimento do nosso filho nas redes sociais, mesmo depois de nós termos pedido, especificamente, que eles não fizessem isso, pois nós queríamos publicar algo quando saíssemos do hospital e chegássemos em casa no dia seguinte,” escreveu ela.

“Você se importaria se isso acontecesse ou eu estou sendo irracional?” terminou ela, na publicação.

Mais tarde, ela voltou ao fórum para explicar que o marido havia esperado três horas para avisar os sogros após o nascimento do bebê, e que eles ficaram bravos pois queriam ter sido comunicados imediatamente.

“Aí a minha sogra disse algo como ‘Você pode anunciar algo no Facebook?’, e ele respondeu, ‘Ainda não, nós vamos fazer isso em casa’ (ele contou que ela pediu para ‘fazer isso rápido’ porque eles não conseguiam mais esperar)”.

Ela continuou contando que, enquanto estava no hospital e o marido foi para casa passar a noite, ele começou a receber mensagens de parabéns das pessoas.

“Ele me ligou e nós ficamos furiosos,” ela escreveu.

Outras mães rapidamente ofereceram suas opiniões sobre o assunto polêmico, e muitas usuárias revelaram que também ficariam chateadas nesta situação.

“Eu teria ficado extremamente brava,” uma usuária escreveu. “Este é a SUA notícia, quando VOCÊ estiver pronta. Não é preciso ter uma razão além de querer esperar um pouco antes das 500 mensagens de texto e no Facebook que vai receber como resultado. Eles tiveram um comportamento absurdo”.

“Eu acho que qualquer um entenderia perfeitamente se os pais pedissem para não anunciar um evento tão significativo antes que as pessoas realmente envolvidas tivessem a chance de fazê-lo,” concordou outra pessoa.

“Eu classificaria como intencionalmente indelicado ou imprudentemente desrespeitoso se alguém fizesse isso, depois de ouvir o seu pedido”.

“Eu ficaria completamente irada!! Este tipo de notícia só deve ser anunciada pelos pais. É impossível fazer algo para compensar isso, eu nunca esqueceria,” escreveu outra usuária.

Uma mãe pediu conselhos na Internet após seus sogros anunciarem o nascimento do seu filho [Foto: Getty]

No entanto, outras pessoas não viram um grande problema na situação.

“Eu acho que você está sendo um pouco exagerada,” escreveu uma usuária. “Sim, a notícia era sua, mas dizer que eles desobedeceram uma instrução e exigir um pedido de desculpas é um pouco demais. Acho que é preciso relevar e seguir em frente”.

“Eu provavelmente não estaria brava com isso se tivesse acabado de ter um bebê. Aproveite o seu filho/filha e pare de se preocupar com as redes sociais,” disse outra mãe.

“Eu não me importaria, mas eu imagino que faça parte da minoria,” outra escreveu.

“Eu detesto fazer anúncios de qualquer tipo, então ter alguém para assumir esta responsabilidade seria bom para mim. Mas é como eu disse, sei que esta é a opinião da minoria!”

Outras usuárias compartilharam histórias parecidas de sequestros de anúncios de nascimento.

“A minha sogra também anunciou tudo no Facebook,” escreveu uma mãe. “Eu havia saído da sala de cirurgia há uma hora e comecei a receber mensagens de amigos me dando parabéns. Ela fez uma publicação incluindo informações sobre o parto, nome, peso. Fiquei revoltada”.

“A minha mãe fez isso com os meus dois filhos. Eu fiquei brava na época, mas é somente o Facebook. Não vale a pena brigar por isso. Levei em conta que ela estava animada demais e se deixou empolgar,” escreveu outra usuária.

Este não é o único tópico que está causando um debate entre pais e mães ultimamente. No mês passado uma mãe deu início a uma polêmica quando admitiu deixar seus filhos no carro ‘por 15 minutos enquanto faz compras rápidas.

No começo deste ano outra mãe recebeu críticas e elogios após questionar se meninas pequenas deveriam usar biquínis.

Num post, que desde então recebeu centenas de respostas, a mulher perguntou: “Estou sendo irracional ao questionar por que alguém colocaria um biquíni numa bebezinha?”

Em abril deste ano, uma discussão sobre lembrancinhas viralizou quando uma mãe devolveu a sacolinha que a sua filha havia recebido, com um bilhete reclamando do conteúdo.

Marie Claire Dorking