Como Van Damme "ajudou" quadrilha a roubar R$ 18 milhões em joias

·1 minuto de leitura
Jean-Claude Van Damme salva cachorro de ser sacrificado. (Foto: Reprodução/Instagram @jcvd)
Jean-Claude Van Damme posa com óculos escuros (Foto: Reprodução/Instagram @jcvd)

Resumo da notícia:

  • Sem querer, Jean-Claude Van Damme ajudou uma quadrilha a roubar R$ 18 milhões em joias na França

  • De acordo com as autoridades, a presença do ator numa loja vizinha distraiu os seguranças da joalheria e facilitou o crime

  • Dois participantes do assalto já foram presos pela polícia parisiense

Sem querer, Jean-Claude Van Damme ajudou uma quadrilha a roubar € 3 milhões (R$ 18 milhões, na conversão atual) em joias na França. O crime, segundo o jornal britânico Guardian, aconteceu nesta quarta-feira (27) na joalheria Chaumet, em Paris.

De acordo com as autoridades, a presença de Van Damme numa loja vizinha acabou distraindo os seguranças do estabelecimento roubado, que não perceberam a ação rápida dos criminosos, armados com faca.

Leia também:

Após o roubo, a polícia parisiense agiu rápido e prendeu dois suspeitos do crime nos arredores da cidade de Metz, a cerca de 281 Km de Paris. Eles teriam fugido do local do crime em uma scooter verde. A reportagem do Guardian afirma que a maior parte das joias roubadas foram recuperadas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Segundo os jornais locais, o alarme da joalheria, inaugurada em 1780 e localizada próxima à avenida Champs-Élysées, só tocou após a saída dos ladrões da loja, facilitando ainda mais o trabalho da quadrilha. Até o momento, Van Damme não se pronunciou sobre o caso.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos