Como ‘Sandman’ conseguiu adaptar tão bem os quadrinhos para a série

'Sandman' não é a primeira grande obra do Neil Gaiman que foi adaptada em série. O escritor britânico passou por maus bocados com 'American Gods', cancelada na terceira temporada, e uma boa especirência em 'God Omens'. O seriado da Netflix é o primeiro grande sucesso audiovisual de uma das mentes mais criativas da atualidade - e o segredo passa por se manter fiel à obra original.

O que é 'Sandman'

A história de Sandman começa quando Morpheus, o Sonho dos Perpétuos, fica aprisionado por um grupo de cultistas por um século. Um dia, ele consegue escapar do círculo mágico e descobre que seu reino, o Sonhar, está completamente arruinado.

Para reconstruir seu mundo, ele precisa recuperar suas três relíquias: o elmo, o saco de areia e o rubí.

Com 10 episódios, ela foi adaptada para o formato pelo showrunner Allan Heinberg (Mulher-Maravilha) e conta também com participação do roteirista David Goyer (trilogia Dark Knight).

Este vídeo é um corte do Pod Assistir, nosso podcast sobre o melhor do entretenimento e do streaming. Confira na íntegra: