Como cuidar de suas roupas para que durem mais

·7 min de leitura
Ironing clothes on ironing board
Ironing clothes on ironing board

Por Robert Lucian

Cuidar bem de nossas roupas e fazê-las durar mais é um assunto cada vez mais frequente desde que começamos a pensar mais em sustentabilidade. Mas além do meio ambiente, cuidar melhor de suas roupas também pode ser ótimo para o seu bolso.

A última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada pelo IBGE em 2018 e divulgada em 2019, revelou que os brasileiros gastam em média 4,3% de seu orçamento mensal com itens de vestuário. Fazê-los durar o máximo possível pode ser o que você precisa para diminuir esses gastos e economizar um pouquinho.

Leia também

“Ah, mas eu nem sou consumista... só compro o básico, não ligo pra moda.” – Pense em quantas vezes você precisou comprar uma camiseta básica nova porque a última “não durou nem três lavagens”. Seja você fashionista ou não, gastos com vestuário fazem parte do seu orçamento, então porque não aprender maneiras de reduzí-los?

E não tem segredo. Pequenos cuidados no dia a dia bastam para melhorar a conservação e aumentar a durabilidade de suas roupas. Confira a seguir.

Muita atenção à etiqueta!

Os cuidados que cada roupa requer variam de acordo com a composição do tecido, cor, processo de tingimento e até tipo de aplicação que ela tem (bordados manuais, contas, estampas do tipo silk screen). Ler a etiqueta com atenção é a melhor forma de saber as principais maneiras de conservar suas roupas. E como sabemos que decifrar os símbolos da etiqueta não é tarefa fácil, separamos uma tabela resumo para você:

Tabela de símbolos que encontramos em etiquetas de roupas
Tabela de símbolos que encontramos em etiquetas de roupas

Cuidados na lavagem

Lave menos para durar mais: Se você tem por hábito lavar suas roupas sempre após o uso, repense. O processo de lavagem acelera o desgaste das fibras do tecido por conta da fricção e dos produtos utilizados. Peças que não ficam em contato direto com a pele, como casacos e jaquetas, podem ser usadas até 5 vezes antes da lavagem. Deixe-as penduradas em lugar ventilado entre um uso e outro ou antes de devolver para o armário. O mesmo vale para peças usadas por um curto período e que não apresentam odor.

Lave sempre do lado avesso: A fricção durante a lavagem é que causa o aparecimento daquelas bolinhas no tecido e pode também agravar o desbotamento de peças coloridas. Para evitar que o desgaste do tecido comprometa a aparência de suas roupas, lave-as sempre do lado avesso.

Separe e verifique as peças antes de levar à máquina: Sim, é chato. Mas separar suas roupas por cor é a melhor forma de evitar manchas e outros estragos. Separe pelo menos as claras das escuras e evite também lavar peças mais pesadas, como jaquetas e jeans, junto com as mais delicadas. Aproveite para abotoar, fechar zíper e principalmente velcro enquanto separa as roupas. Isso evita que eles provoquem o desfiamento de outras peças dentro da máquina. E não se esqueça de checar também os bolsos.

Evite lavar em água quente: Temperaturas mais altas comprometem os tecidos de fibras sintéticas e causam o encolhimento das fibras naturais. Por isso, temperatura ambiente é a melhor opção sempre.

Prefira sabão líquido ao em pó: Você já deve ter notado que o sabão em pó não se dissolve completamente na água. Os grãos que não se dissolvem causam mais desgaste aos tecidos durante a lavagem e formam um resíduo que, além de causar manchas, pode acumular na máquina de lavar, comprometendo seu funcionamento com o tempo.

Para as roupas brancas, use sabão de coco: Em geral, o sabão de coco dispensa o uso de alvejantes para recuperar e manter o branco das roupas. Para a máquina, use a versão líquida. Se ainda assim sentir a necessidade de um alvejante, dê preferência aos oxigenados e evite os que são a base de cloro. Alvejantes, mesmo os oxigenados, são bastante agressivos às fibras do tecido. Por isso, use somente quando for realmente necessário.

Evite excesso de produto: Exagerar no sabão ou no amaciante pode promover o desbotamento de roupas escuras e o amarelecimento de roupas brancas, além de causar odor ao longo do tempo. Por isso, observe com atenção a recomendação no frasco do produto e leve sempre em consideração a quantidade de roupas que será lavada. É economia em dobro: não gastar mais produto que o necessário e ao mesmo tempo conservar melhor suas roupas.

Secar sem pressa e com cuidado

Evite usar a secadora: Nosso clima tropical é super favorável à secagem natural das roupas e, assim como na lavagem, as temperaturas mais altas da secadora são prejudiciais tanto aos tecidos sintéticos quanto aos naturais.

Procure ambientes arejados e com luz indireta: A exposição direta ao sol causa o desbotamento de peças coloridas e o amarelecimento de peças brancas. Estender as roupas no lado avesso também ajuda a preservar suas cores originais e evitar manchas.

Cuidado com os grampos: Grampos de roupa criam marcas que exigem mais força e temperatura na hora de passar a ferro. Por isso, não são recomendados para nenhum tipo de peça. As exceções são peças íntimas, que são mais difíceis de manter no varal sem grampos.

Abuse dos cabides: Cabides são a melhor opção para camisas, camisetas e vestidos. Além de secar mais rápido, isso ainda ajuda na hora de passar a ferro, já que o tecido seca mais esticadinho, sem marcas de dobra ou pregadores.

Nem tudo deve ir pro varal: Roupas de tricot e crochet, por exemplo, perdem completamente a forma original se estendidas no varal. Isso acontece por conta do peso da água sobre a linha. O ideal é deixa-las secar estendidas sobre uma superfície horizontal e plana. Essas peças normalmente custam mais caro, então todo cuidado é pouco.

Cuidado com o ferro!

Observe a temperatura do ferro: Respeite sempre a temperatura máxima indicada na etiqueta da roupa para evitar danos e desbotamento do tecido. Na dúvida, faça um teste numa parte do avesso que não comprometa a aparência da peça, como a barra, por exemplo.

Não passe suas roupas a seco: O ferro a vapor é um ótimo aliado na hora de passar roupas. A umidade ajuda a amaciar as fibras e remover marcas do tecido. Mas se você não tiver um ferro a vapor, basta borrifar água sobre a peça antes de passar o ferro quente.

Side view of a young female adult ironing the laundry at home in the living room.
Não passe suas roupas a seco. Foto: Getty

Quem precisa de ferro? Nem todas as roupas podem ou devem ser passadas. A maioria dos tecidos sintéticos, quando bem estendidos, já saem do varal prontos para uso.

Atenção aos bolsos: Passe a região dos bolsos e do cós de calças sempre pelo avesso. Passar o ferro quente sobre essas regiões pelo lado direito cria marcas incorrigíveis na peça.

Guardar bem para durar mais

Não guarde roupas sujas ou manchadas: Manchas podem se tornar permanentes se não forem removidas imediatamente. E sujeira atrai traças que podem comprometer todas as peças de seu armário. Por isso, nada de deixar para depois! Guarde apenas aquilo que está limpo e livre de manchas.

No cabide ou na gaveta? Nunca pendure roupas que tenham elasticidade, como as de malha, por exemplo. A melhor forma de guarda-las é dobradas na gaveta. Reserve os cabides para roupas mais estruturadas e de tecidos planos (aqueles que não se ajustam ao corpo).

Armário limpo e arejado: Faça uma boa limpeza em seu armário periodicamente. Aproveite para deixar as portas e gavetas abertas durante o processo para arejar e evitar mau cheiro. O recomendado é fazer isso pelo menos uma vez ao mês.

Mofo e mau cheiro: Se perceber que há mofo ou mau cheiro em alguma roupa do armário, vinagre é a solução. O vinagre é um poderoso bactericida, eficaz para remover mofo e qualquer tipo de odor. Deixe as peças num molho preparado com meio copo americano de vinagre branco e 5 litros de água por trinta minutos e lave normalmente depois.

Sem excessos: Evite manter seu armário lotado. Quanto mais roupas, mais difícil é cuidar delas corretamente e organizar de maneira adequada.

Robert Santos

Designer e Produtor de Moda

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos