Como a primeira namorada de Freddie Mercury descobriu que ele era gay

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Freddie Mercury of Queen, 1982 Tour at the Various Locations in Oakland, California (Photo by Steve Jennings/WireImage)
Freddie Mercury durante show do Queen na Califórnia, em 1982 (Photo by Steve Jennings/WireImage)

Rose Pearson, a primeira namorada de Freddie Mercury, concedeu entrevista ao documentário ‘A Life in 10 Pictures’, exibido na BBC. Em sua relato, ela surpreendeu ao dizer o exato momento em que descobriu que o líder do Queen era gay. As informações são do jornal britânico Daily Star.

Segundo ela, tudo ficou claro em sua mente durante uma visita ao museu Victoria & Albert, em Londres, quando eles se depararam com uma exposição do fotógrafo Eadweard Muybridge sobre a luta greco-romana.

Leia também:

“Fomos ao Victoria & Albert para ver as fotos do Eadweard Muybridge de homens nus lutando. Eu o vi encantado de maneira que ia além de sua apreciação pela arte", contou Pearson.

"Depois fomos ao cinema ver um filme do Ken Russell e ele ainda estava embasbacado com as fotos de luta. Ele queria ter ficado e visto a coisa toda outra vez”, complementou ela, admitindo logo depois o ciúme.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“O meu sangue gelou. Eu sabia que não éramos as pessoas certas um para o outro e ele já queria desesperadamente um relacionamento com outro homem. Eu não podia suportar aquilo”, analisou Pearson.

Depois de Pearson, Mercury ainda namorou e foi noivo de Mary Austin, a quem dedicou a música "Love of My Life", entre 1970 e 1976. Nos últimos seis anos de vida, de 1985 e 1991, o cantor manteve um relacionamento com o cabeleireiro Jim Hutton.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.