Como a alimentação pode te ajudar na recuperação pós-covid 19

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Consumo de frutas, hortaliças e alimentos integrais são os indicados para uma vida mais saudável (Foto: Getty Images)
Consumo de frutas, hortaliças e alimentos integrais são os indicados para uma vida mais saudável (Foto: Getty Images)

Por Felipe Gomes (@dominiopop)

Segundo uma pesquisa feita com pacientes recuperados da covid-19 e conduzida pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, em São Paulo, 64% dos infectados têm algum sintoma persistente entre duas semanas a seis meses após o contágio. Sabemos que, atualmente, não existe um tratamento, nem remédios cientificamente comprovados para combater o vírus ou amenizar os danos que a doença pode causar, nem remédios, porém a alimentação pode ser uma aliada para amenizar danos e dar um “combustível” ao organismo pós-covid.

Rotina alimentar mais saudável

“Se optamos por uma alimentação de baixo valor nutricional, oferecemos pouca nutrição e consequentemente, tornamos nosso organismo mais suscetível a doenças e problemas de saúde”, alerta a nutricionista Angela Federau. “Mais de 60% dos documentos selecionados em revisões sistemáticas incentivam o consumo de frutas, hortaliças e alimentos integrais. Estas fontes alimentares estão associadas a vários micronutrientes, tais como vitaminas A, C, D, E e do complexo B, que são conhecidas por terem associação positiva ao sistema imune.”

Leia também

A profissional acrescenta que todos os micronutrientes podem ser obtidos por uma alimentação diversificada e saudável, enquanto a exposição ao sol é importante para a síntese de vitamina D.

“Buscar uma nutrição consciente e eficiente é o primeiro passo”, conta a nutricionista. “Entender que o organismo precisa de nutrição, não somente alimentação para se recuperar é chave para qualidade de vida.”

Procure reduzir alimentos ultraprocessados, muito calóricos e pouco nutritivos e opte por uma alimentação mais natural, investindo em frutas, vegetais e legumes, grãos integrais, proteínas magras, ovos, leites e derivados e leguminosas (feijões, lentilhas, ervilhas...). “Também hidrate bem o organismo com água pura e evite bebidas alcóolicas. Trata-se de uma questão de equilíbrio”, acrescenta Angela.

O probiótico como aliado

Uma substância muito discutida como item na rotina de recuperação pós-covid é o probiótico. Acontece que bactérias encontradas em diversos alimentos como iogurte, leite fermentados e queijo, podem ajudar a fortalecer a imunidade.

“Os probióticos, além de atuarem fortemente no sistema imunológico, são fundamentais para manter uma microbiota saudável e consequentemente, uma melhor absorção nutricional, produção de neurotransmissores como serotonina e melatonina e ainda um adequado funcionamento intestinal”, detalha Angela.

Esse produto alimentar também é muito útil como proteção contra o resfriado comum e a gripe em mais de 50%.

Os benefícios dos shots antioxidantes

Os shots antioxidantes são a junção de substâncias com altos potenciais antioxidantes, em um volume pequeno de líquido, para ser tomado uma vez. Unindo especiarias e alimentos que são capazes de reduzir os estados inflamatórios, eles aumentam a absorção de nutrientes, como selênio e vitamina A, fundamentais para o sistema imunológico.

Além disso, shots feitos com um mix de própolis, gengibre, cúrcuma e canela também são muito utilizados para amenizar as dores musculares comuns de quem foi afetado pelo vírus.