Como uma mulher inventou o café que conhecemos hoje

Se você sempre se pergunta quem foi o gênio que inventou o filtro de café enquanto toma uma xícara quentinha, chegou a hora de conhecer Melitta Bentz. A dona de casa alemã criou o acessório com base no seu desejo de obter um blend mais suave, sem a presença de pequenos pedaços granulados e do amargor causado pelo modo de preparo da época.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

Melitta, que fazia o próprio café todos os dias, não estava satisfeita com os filtros de cerâmica e metal disponíveis, e decidiu experimentar um material mais suave e fino: uma folha de papel do caderno da escola de seu filho. Melitta usou pregos para fazer buracos na parte inferior de uma xícara de bronze e a forrou com o papel antes de enchê-la de café. Pronto! Foi assim que ela obteve o filtrado perfeito.

Leia mais: Este fato sobre a tequila vai surpreender você

Em 1908 Melitta patenteou o filtro de café de papel e fundou a Melitta Bentz Company com o marido – e logo a demanda pelos novos filtros disparou. Melitta recebeu prêmios por sua invenção, e o resto você já sabe.

Na próxima vez em que preparar seu café da manhã com um filtro novo, você saberá a quem agradecer por esta pequena, mas muito apreciada parte de sua rotina matinal.

Erin Cullum

PopSugar