Como é, quanto custa e quem já foi ao restaurante da carne de ouro no Catar

Cortes folheados a ouro 24 quilates, pratos servidos com direito a perfomance do chef, que corta a carne e serve aos badalados clientes direto na boca, na ponta da faca. Tudo isso sempre na frente das câmeras e com os registros indo direto para as redes sociais. Mais do que um simples restaurante, o Nusr-et de Doha é uma experiência de entretenimento, e virou point de jogadores, ex-atletas e outros nomes conhecidos durante a Copa do Mundo.

O steakhouse é uma das 32 unidades da rede do chefe e mestre açougueiro turco Nusret Gökçe. Salt Bae, como é conhecido, é parte da atração, com sua forma "peculiar" de temperar as peças de carne servidas aos clientes, já à mesa.

Protagonista do empreendimento, é ele quem aparece em todos os cliques ao lado dos clientes. E não faltam opções. Só durante a Copa, já estiveram por lá o atacante polonês Robert Lewandowski e parte da seleção espanhola. Do time brasileiro, Vinicius Jr., Éder Militão e Gabriel Jesus jantaram no restaurante na última folga dos treinos, acompanhados por Ronaldo Fenômeno. No domingo, após a eliminação do Uruguai, foi a vez de Giorgian de Arrascaeta escolher o local para almoçar com a família.

Mas a clientela do Nusr-et não tem ficado restrita aos atletas. Galvão Bueno comemorou os 22 anos de casamento com a mulher, Desirée Soares no restaurante. Gianni Infantino, presidente da Fifa, também jantou no local, e foi recebido de maneira calorosa pelo anfitrião, como mostram vídeos compartilhados na página da casa nas redes sociais. No sábado, Salt Bae foi clicado ao lado do presidente da entidade no camarote da organização, acompanhado ainda de Cafu, Roberto Carlos e Ronaldo Fenômeno.

Os clientes badalados vão ao restaurante, em geral, atrás do carro-chefe da casa: as peças de carne folheadas a ouro. O cardápio oferece três opções de corte à moda. O filé, que mais aparece entre os pedidos dos clientes, custa 1,1 mil rials, ou R$ 1,5 mil, enquanto o mais caro é o tomhawk (corte do dianteiro do boi, considerada a parte mais macia do lombo, e servido com osso), que sai por incríveis 2,3 mil rials, ou R$ 3,3 mil. O prato mais em conta é o hambúrguer, com folhas de ouro no sanduíche e na batata frita, que custa 495 rials, ou R$ 700.

Além dos pratos principais, o cardápio tem ainda uma sobremesa com outro. A baklava, tradicional pastel doce turco, com sorvete, sai por R$ 77.

Segundo o restaurante, as carnes são selecionadas por Salt Bae de produtores de várias partes do mundo.

"Nossos bifes são cortados em um estilo único da casa. Cortes selecionados são maturados a seco por no mínimo 20 dias. Todos são grelhados na hora em brasas de carvão", descreve o cardápio.

A unidade de Doha fica dentro do luxuoso resort Sheraton Grand Doha e tem mesas com vista para o mar, mas há lugares com uma vista privilegiada para a cozinha e uma enorme geladeira de vidro com vegetais e peças de carne expostos.

Mas enquanto as filas para almoçar ou jantar no restaurante aumentam e as reservas se avolumam – só na plataforma Open Table, são quase 200 pedidos de reserva por dia – os pratos espanjadores dividem opiniões. Depois da visita de jogadores brasileiros ao local, o Padre Júlio Lancelloti chamou o vídeo que mostra os atletas no restaurante de acintoso.

"Enquanto milhões pelo mundo passam fome nos chega um vídeo deste acintoso e que nos causa indignação e tristeza", escreveu o padre numa rede social.

Gökçe começou a trabalhar aos 13 anos como aprendiz de açougueiro ainda na Turquia. Aos 25, já tinha um cargo de chefia. Entre 2008 e 2009, ele viajou para a Argentina e os Estados Unidos "para se aperfeiçoar", como conta o restaurante em seu site. A primeira unidade da rede foi aberta há 12 anos, quando ele retornou para a Turquia, em parceria com um ex-cliente, o designer têxtil Mithat Erdem. Depois, a empresa expandiu com a sociedade feita com o investidor Ferit Sahenk