Comer chocolate pode reduzir risco de problema no coração, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Se você adora chocolate, essa notícia é para você. Um novo estudo descobriu que seu consumo moderado pode reduzir as chances de problemas cardíacos.

Publicado no British Medical Journal: Heart, o estudo indica que a fibrilação atrial, arritmia cardíaca muito comum, pode ter risco reduzido graças ao chocolate. A condição afeta cerca de 8.8 milhões de pessoas e está associada a danos maiores como AVC, insuficiência cardíaca, declínio cognitivo e demência.

O estudo foi conduzido entre os anos de 1993 e 1997 e analisou cerca de 55 mil pessoas com idade entre 50 e 64 anos na Dinamarca. Informações sobre material biológico, dietas e estilo de vida foram coletadas, incluindo um questionário sobre alimentação. Os participantes tinham que responder a quantidade diária de alimentos consumidos, incluindo o chocolate.

Os pesquisadores descobriram que os voluntários que comiam de duas a seis porções de chocolate por semana ou até três ao mês tinham um menor risco de desenvolver fibrilação atrial do que aqueles que consumiam menos de um pedaço de chocolate por mês.

Mais pesquisas foram encomendadas para certificar a eficácia do chocolate nos resultados, uma vez que outros fatores podem influenciá-los. Mas por hora, é bom sempre ter uma barrinha de chocolate por perto!