Começa a venda de ingressos para a 20ª Festa Literária de Paraty

SÃO PAULO, SP (AGÊNCIA BRASIL) - Começa nesta segunda-feira (31), na internet, a venda de ingressos para o programa principal da 20ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que volta ao formato presencial, após dois anos da pandemia da covid-19.

As entradas têm preço de R$ 120. Há meia entrada (R$ 60) para estudantes, jovens de baixa renda, pessoas com menos de 21 anos, pessoas com deficiência, profissionais das redes pública e privada de ensino do estado do Rio de Janeiro e pessoas com mais de 60 anos.

A edição 2022 da Flip está programada para o período de 23 a 27 de novembro, destacando, em seus debates, a pluralidade de visões e sensibilidades. O evento promove o encontro de autores brasileiros e internacionais com o público, tendo como cenário a cidade histórica de Paraty, localizada na Costa Verde fluminense. O projeto é apresentado pelo Ministério do Turismo e pela Associação Casa Azul.

A homenageada desta edição é a escritora e educadora maranhense Maria Firmina dos Reis (1822-1917), autora do romance Úrsula que, em 1859, inaugurou no Brasil a literatura abolicionista que vem aos poucos ganhando atenção, dentro e fora do Brasil. Duas mesas da programação principal da Flip serão dedicadas à escritora.

A primeira mesa do programa principal, intitulada Pátrios lares, ocorrerá no dia 23, às 20h, e abordará a vida e importância de Maria Firmina dos Reis. A vigésima e última mesa da festa, denominada Livros de cabeceira, será realizada no dia 27, às 15h, e, como já é tradição na Flip, reunirá autores convidados para ler trechos de suas obras preferidas.

“A homenagem a Maria Firmina dos Reis reafirma o propósito da Flip de se conectar com pessoas das mais variadas origens e trajetórias para fazer o Brasil conhecer mais de si mesmo. E reforça o desejo de que a pluralidade de discursos possa ser ouvida em Paraty e levada para longe por cada pessoa que participar da festa”, afirmaram os organizadores.

Para as crianças, a tradicional Tenda da Central Flipinha será montada na Praça da Matriz, onde ocorrerão também os encontros com os autores na Ciranda dos Autores. O foco para este ano são as ações voltadas para os educadores de Paraty.

A curadoria coletiva da 20ª Flip ficou a cargo da jornalista gaúcha Fernanda Bastos, tradutora e editora de livros; da professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Milena Britto; e do professor na Universidade de Princeton, Pedro Meira Monteiro.

A programação da 20ª Flip pode ser acessada na internet (https://www.flip.org.br/).