Com sequelas, Luciano Szafir desabafa sobre terceira vez com Covid: "Uma bomba"

Luciano Szafir fala sobre novo diagnóstico de Covid-19 (Divulgação)
Luciano Szafir fala sobre novo diagnóstico de Covid-19 (Divulgação)

Ainda enfrentando as sequelas da segunda vez que contraiu Covid-19, Luciano Szafir confessou que ficou apavorado quando testou positivo para o vírus pela terceira vez, agora durante a onda da variante Ômicron.

"Soube do resultado durante um exame preparatório para a reversão da bolsa de colostomia. Foi uma bomba, uma sensação muito ruim depois de tudo que eu passei. Tive consequências muito graves, então tive medo da doença evoluir. Mas, graças a Deus, só tive dores de cabeça", explicou o ator em entrevista à Quem.

Luciano explicou que ainda não faz ideia como contraiu o vírus, mas alertou para a força da nova onda da Covid-19. "Eu já estava recluso, e com o aumento de casos, fiquei mais ainda. Mas a Ômicron é muito contagiosa. Meu psicológico ficou abalado, mas a terapia, que eu nunca tinha feito antes, me ajudou. E o fato de não ter sentido falta de ar me deixou mais tranquilo. Agora é seguir a vida", completou.

Teste positivo e sequelas

Luciano Szafir testou positivo para Covid-19 nesta segunda-feira (17). A notícia foi confirmada pela assessoria de imprensa do ator, de 53 anos de idade, que está pela terceira vez com o vírus e passa bem, assintomático.

De acordo com a equipe de Szafir, ele descobriu que estava com a doença após fazer exames de rotina e já segue em isolamento. O ator já tinha tomado as duas doses da vacina e tomaria a terceira no final do mês.

A última vez que o ator havia pegado a Covid-19, em meados de 2021, ele teve complicações e ficou mais de um mês internado em estado gravíssimo. Na época, Szafir foi submetido a uma cirurgia de retirada de hematoma e segmento do cólon e passou a usar uma bolsa de estomia. O aparelho ajuda no tratamento das complicações da terapia anticoagulante, que fez com que a alça intestinal fosse perfurada.

Um momento marcante foi quando, em novembro, quatro meses após ter o vírus, Szafir desfilou com a bolsa exposta na São Paulo Fashion Week. O ator explicou que queria quebrar tabus e tirar o estigma do uso do aparelho, especialmente para pessoas com sequelas de doenças ou que precisam usar o item durante toda a vida.