Com recorde de mortes por Covid, Cynthia Luz adia live no festival Bem Bolado

AMON BORGES
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O show virtual que Cynthia Luz faria, em 11 de março, no festival Bem Bolado foi adiado por causa do pior momento da pandemia que o Brasil enfrenta. A organização afirma que uma nova data deve ser anunciada. “Nós, da Bem Bolado, Showlivre e assessoria da artista Cynthia Luz decidimos adiar a data do encerramento do festival devido ao avanço dos casos de Covid-19 no estado de São Paulo, que entra na fase vermelha”, diz comunicado. “As equipes esperam que todos se mantenham em casa o máximo possível e que, se for necessário sair, tomem todos os cuidados para barrar a transmissão do vírus”, completa. O Brasil registrou nesta quarta (3) o recorde de mortes por Covid-19 em um dia no país desde o início da pandemia. Foram 1.840 óbitos. Cynthia Luz será a quarta atração do Bem Bolado, que desde novembro já promoveu eventos com Danny Bond, Marcelo D2 e Rincon Sapiência. A ideia é promover uma série de shows para promover a diversidade e a liberdade. O festival leva o nome da marca nacional de papéis para fumar, que também tem uma uma linha de acessórios produzidos no país para quem fuma, como dichavadores, carteiras, piteiras, entre mais de 30 itens. A marca estabeleceu conexão com diversos artistas ao personalizar sedas para nomes como D2, Cypress Hill, Sublime, Tulipa Ruiz, Ana Cañas, Planta e Raiz. “A Bem Bolado sempre quis fazer um festival de música, e achamos que agora é um bom momento para dar esse presente para nosso público que está em casa, carente de coisas legais e também para ajudar os artistas nesse período superconturbado para o showbusiness”, diz o diretor de marketing da Bem Bolado Brasil, Fabrício Penafiel.