Com medo de ser planta, Bruno cavou sua eliminação em "A Fazenda"

Bruno Tálamo deve ser o primeiro eliminado (Foto: Antonio Chahestian/RecordTV)
Bruno Tálamo deve ser o primeiro eliminado (Foto: Antonio Chahestian/RecordTV)

A primeira eliminação de "A Fazenda 14" acontece na noite desta quinta-feira (22). Bruno, Deborah e Tiago estão na roça. As enquetes, no entanto, já indicam a saída do jornalista Bruno Tálamo. Os três participantes se envolveram em brigas e entregaram entretenimento, mas a popularidade de Deborah e Tiago é maior nas redes sociais.

Com medo de ser chamado de planta, Bruno cometeu alguns "erros" em sua passagem pelo reality show. Ele "queimou a largada" logo na pré-estreia, quando foi questionado sobre quem seria seu desafeto na casa. Na atividade, o jornalista apontou Alex sob a justificativa da "militância excessiva".

A resposta de Bruno dividiu opiniões nas redes sociais. Parte do público entendeu que ele estava interessado em agradar pessoas mais conservadoras. Alex e a comunidade LGBTQIA+ se sentiram ofendidos com a fala do jornalista, o que acabou fazendo com que ele se tornasse um alvo.

Em outros momentos, Bruno também se mostrou soberbo ao se incomodar com as pessoas que não o conheciam antes do programa. Ingrid o chamou de "cara da camisa amarela" em uma dinâmica ao vivo e o peão interpretou como se ela estivesse menosprezando sua participação por não saber seu nome. O mesmo ocorreu quando Deolane falou que não lembrava dele mesmo tendo dado entrevistas no passado.

Bruno parece não ter entendido que seu apelo com o público é bem menor que o de outros participantes e que se expor dessa maneira na primeira semana, antes de ter tempo para conquistar um fã-clube, é extremamente arriscado. Longe de nós defender as plantas. É uma pena que Bruno saia disposto a render assunto, mas jogar na retranca teria ajudado a pelo menos escapar da primeira roça.