Barrada nas Olimpíadas, Yasmin Brunet protagoniza memes e acusa competição de roubo

·4 minuto de leitura
Yasmin Brunet e Gabriel Medina
Yasmin Brunet e Gabriel Medina

Enquanto Gabriel Medina tenta trazer uma medalha para o Brasil no surf, Yasmin Brunet pegou para si o posto de maior fã do marido e se jogou de cabeça na missão de participar das Olimpíadas do sofá de casa. A modelo foi barrada pelo COB e não pôde acompanhar Medina em Tóquio, mas não se abalou e decidiu acompanhar cada passo do surfistas por meio de suas redes sociais.

E haja polêmica! Mesmo com apenas alguns dias de Jogos Olímpicos, Yasmin já virou meme, teve uma live derrubada e acusou a competição de roubar Gabriel Medina

1. Barrada da equipe

A polêmica começou bem antes do início dos Jogos Olímpicos: após requisitar credenciamento para o COB para acompanhar Medina como parte de sua equipe, a modelo não recebeu aprovação e foi barrada da competição. Em suas redes sociais, o surfista se revoltou e reclamou que o Comitê Olímpico Brasileiro tentou prejudicá-lo ao afastá-lo de Yasmin.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O COB se pronunciou deixando claro que cada atleta deveria levar apenas um técnico para a competição, como medida preventiva contra o aumento da disseminação do Covid-19 em meio à pandemia. Yasmin não aceitou o argumento e criticou a postura da organização. Não é uma Olimpíada qualquer. É em época de pandemia. Precisamos pensar o que vai ser melhor para a pessoa. Os surfistas têm essa regra aplicada a eles, estão levando pessoas que os fazem bem".

2. Memes de embarque

Gabriel Medina desembarcou sozinho no aeroporto de Tóquio, e chamou atenção pelas duas malas gigantescas que trouxe no voo. Nas redes sociais, o público não perdeu tempo e transformou a ausência de Yasmin em meme, brincando que a modelo estaria escondida dentro da bagagem. Yasmin chegou até a ser comparada com a personagem de Deborah Secco na novela 'América', que faz uma travessia ilegal para conseguir entrar nos Estados Unidos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

3. Live derrubada

Já que não pôde acompanhar as competições do amado ao vivo, Yasmin se organizou nas redes sociais para fazer uma live no Instagram em qualquer momento em que Medina aparecesse na TV. Quando Medina perdeu nas semifinais do surf, Yasmin se revoltou, pediu satisfações e começou a falar mal do comitê olímpico. Pouco depois, a live foi derrubada, e segundo a modelo a justificativa seria de uso de direitos autorais de imagens e vídeos das Olimpíadas.

4. Revolta e acusação de roubo

Com a derrota de Medina, Yasmin não aceitou a decisão dos jurados da prova e foi incisiva em sua defesa do marido. "Perder no esporte faz parte, o Kanoa surfou bem. O problema não é perder, o problema é ser roubado. Tem uma diferença nisso. O Igarashi a parte dele, representou o país dele e foi defendido pelo país dele. O nosso atleta não foi defendido, não fizeram nada, não falaram nada e ele foi roubado", explicou ela na live.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Nas redes sociais, Yasmin elogiou Medina e pediu que algum colega do competidor intervisse na situação, denunciando o suposto roubo durante a prova. "Fez tudo o que poderia fazer e mais um pouco. Tenho muito orgulho de você! Estamos do seu lado e não vamos fingir que não vimos o que aconteceu. Foi roubado na cara dura. Só gostaria muito que alguém se posicionasse e te defendesse…"

5. Apelo ao público

Ainda sobre a derrota do marido, Yasmin pediu que seus fãs fossem nas redes sociais do Comitê Olímpico Brasileiro e entidades oficiais ligadas à competição para questionar o resultado e pedir uma revisão da prova. 

O COB, a CBSurf está lá para representar os brasileiros, para defender eles. Todo mundo aqui viu que o Gabriel foi absurdamente roubado. Eles fizeram algo, não? Eles vão fazer alguma coisa? Não. Não vão fazer nada. Quero pedir pra todos vocês irem no Instagram do COB, da CBSurfe, e perguntar se eles vão deixar um atleta deles ser roubado". 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos