Com gema ou só a clara? Estudo aponta qual a melhor fonte de proteína no ovo para ganhar músculos

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Quem faz academia ou entra firme em uma dieta sempre coloca o ovo no topo da lista de alimentos consumidos. A clara, principalmente, é considerada por muitos uma das maiores fontes de proteínas enquanto a gema é, na maioria das vezes, deixada de lado.

Leia mais: Saiba por que não se deve ir à academia depois de ingerir bebida alcoólica

Mas ao que parece, isso é apenas um mito. Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, realizaram um estudo para descobrir se é melhor consumir o ovo inteiro ou apenas a clara. Ao todo, 10 homens foram divididos em dois grupos e após realizarem um treino de resistência, um dos grupos consumiu ovos inteiros (cerca de 18 gramas de proteína e 17 de gordura) e o outro, somente as claras (18 gramas de proteínas e 0 de gordura).

Os resultados foram alcançados através de exames de sangue e análises musculares visando verificar os aminoácidos na circulação e o surgimento de músculos através de exercícios e alimentação.

Descobriu-se que independente de ter a gema ou não, os ovos ofereceram a mesma quantidade de aminoácidos. Os resultados também apontam que, na verdade, o ovo inteiro é muito mais eficiente para ganha músculos do que ingerir somente as claras.

Leia mais: Falar palavrões ajuda a nos deixar mais fortes, diz estudo

Aqueles que comeram o ovo inteiro tiveram uma taxa 40% maior de gerar massa muscular do que os demais. Isso porque a gema contém substâncias que não estão presentes na clara e ajudam a processar proteínas no aumento e recuperação muscular.