Com Covid, Orlando Morais fala da internação: 'dez dias todo cheio de furos'

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Orlando Morais, 59, que está internado desde o dia 23 de março, após agravamento no quadro clínico em decorrência da Covid-19, publicou vídeos no stories do Instagram, na segunda (30) e nesta terça-feira (31), agradecendo aos enfermeiros e dizendo que está há 10 dias internado e cheio de furos. Em dois vídeos, ele mostra os enfermeiros, os chama de "guerreiros" e diz que está cada vez melhor. "Essa é Josicleia mais uma guerreira que tem me ajudado aqui. Obrigado", diz mostrando a enfermeira. Ela responde desejando "melhora e boa recuperação" ao cantor e que ele "fique bem logo". Outro enfermeiro chamado de "guerreiro" por Orlando é Carlão, que aparece no vídeo medindo sua pressão arterial. "Tirando minha pressão e vendo que estou cada vez melhor", diz o cantor. O enfermeiro responde ao cantor: "estamos juntos nessa luta amigo". Orlando diz: "Amém". Em outro vídeo feito de madrugada, o cantor aparece na cama agradecendo a Deus pela melhora e mostrando o braço com o intravenoso para receber a medicação. "Cinco e meia da manhã. Dez dias todo cheio de furos", fala o cantor. Orlando teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no domingo (28), mas continua hospitalizado. Em nota, hospital DF Star informou que ele teve significativa melhora clínica. "O hospital DF Star informa que o paciente Orlando de Morais Filho está internado nesta instituição desde o dia 23/03/2021. Devido a significativa melhora clínica do paciente e dos seus exames laboratoriais, o mesmo recebe alta hoje da UTI para a Unidade de Cuidados Especiais", diz o comunicado. No mesmo dia da alta, Morais usou o Instagram para falar com quem vem acompanhando a evolução de seu estado de saúde. Emocionado, o artista agradeceu todo o apoio que vem recebendo de pessoas próximas e também de anônimos. "Quero agradecer a todo o hospital, ao doutor João Poeys, doutora Ludhmila Hajjar, que têm sido maravilhosos para mim, aliás toda a equipe do hospital", iniciou o artista, que é marido da atriz Glória Pires, 57, e continuou a mensagem citando orações recebidas e dizendo que reza por quem não tem condições de fazer um tratamento médico ideal. "Retribuo essas orações também a todos aqueles que nesse momento não estão conseguindo fazer seus tratamentos, mas o Brasil é grande, é generoso, a gente vai chegar lá, tenho certeza que tudo vai passar e aí de novo vamos ser felizes demais", disse Morais. "Quero agradecer a Glória [Pires], que está aqui comigo -minha mulher que cuida de mim a cada segundo- minha família, meus amigos mais chegados, os que sequer nunca me viram e que mandam mensagens tão lindas. Muito obrigado! Eu amo vocês. Está passando", concluiu o cantor, com clara dificuldade respiratória. No dia 15 de março, Morais havia publicado nas redes sociais que tinha sido diagnosticado com Covid e que felizmente estava em sua casa em Brasília sendo muito bem tratado. "Tenham sempre muito cuidado com vocês e com aqueles que vocês amam, porque o vírus existe e a pandemia é muito séria. Que a vacina chegue logo para todos e que isso passe logo. Um grande beijo", escreveu. Porém, como o agravamento do quadro, o cantor precisou ser internado no hospital DF Star, também na capital federal. "Amigos e amigas estou me internando em um hospital de Brasília para melhor me tratar. Obrigado pelo carinho de todos vocês. Fé sempre", escreveu o cantor à época.