Com CNN Brasil, AT&T vê regras no país 'indo na direção correta' e fala em investir

NELSON DE SÁ

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em mensagem enviada para o lançamento da CNN Brasil na noite desta segunda-feira (9), em São Paulo, o presidente mundial da AT&T, Randall Stephenson, afirma que "o arcabouço regulatório parece estar indo na direção correta", no país.

E se declara "otimista e animado para trazer novos produtos para o Brasil à medida que as regras forem esclarecidas".

A gigante de telecomunicações comprou em 2018 a Warner, da qual a CNN faz parte, e pressiona desde então para o Brasil aprovar a fusão dos dois grupos. É o único mercado que falta. Se aprovada, a AT&T poderá manter no país o controle da operadora Sky e dos canais, inclusive HBO.

Stephenson levou a questão ao presidente Jair Bolsonaro em Brasília, há seis meses, e o pleito da AT&T foi apoiado em mídia social pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente.

Sobre a CNN Brasil, ele afirma na mensagem que "um valor permanente da AT&T é abraçar a liberdade, em uma imprensa livre e aberta", e que "a CNN incorpora esse valor como o nome mais confiável em notícias, e isso vai continuar no Brasil".

Jeff Zucker, presidente mundial da CNN, também enviou mensagem para o lançamento, dizendo: "Nunca houve um momento tão importante para o jornalismo. E nunca houve um momento mais importante para o lançamento da CNN Brasil".