Com bandeira tarifária amarela, conta de luz fica mais cara em janeiro de 2020

Ueslei Marcelino/Reuters

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Conta de luz será mais cara em janeiro de 2020 com bandeira tarifária amarela.

  • Será feita cobrança adicional de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nessa sexta-feira (27) que a bandeira tarifária será amarela em janeiro de 2020. Em outras palavras: será feita uma cobrança adicional de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Em comunicado divulgado à imprensa, a agência definiu: "A bandeira permanece amarela em razão do baixo nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo regime de chuvas significativamente abaixo do padrão histórico nessas regiões".

Leia também

Ainda de acordo com a Aneel, a previsão hidrológica para o primeiro mês do ano que vem indica "elevação gradativa" dos principais reservatórios, mas ainda "em patamares abaixo da média histórica".

"Essa condição intermediária repercute na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda demandando acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia (PLD) e nos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF)", explica a Aneel. Tanto o PLD quanto o GSF são variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.