Coletivo de Pretas defende diversidade e preços justos em coleção de sandálias

·1 minuto de leitura
Rita e Carol são as líderes do projeto

Você sabe como funciona um processo criativo para uma marca? Ou melhor, você consegue imaginar quem são as pessoas que fazem tudo isso acontecer? 

Rita Carreira e Carol Santos são lideres do projeto chamado “Coletivo de Pretas” e têm expertise quando o assunto é sobre produção de conteúdo digital e influenciadores.

“Nós buscamos sempre trazer referências e inspirações que são fortes para nós. Cores, formas e principalmente parceiros que façam parte da nossa evolução”, afirmam elas, que acabaram de assinar o lançamento “Achados Ipanema”.

O objetivo é trazer mulheres com diversidades e produtos com preços democráticos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Os negros fazem parte de 54% da população brasileira, porém quando o assunto é sobre representatividade no mundo do audiovisual as divulgações são baixas, ainda mais quando mulheres negras assumem a direção para o processo criativo. 

"Estamos prontas e dispostas a lutar para que nossa próxima geração tenha mais espaços e vertentes para vencer com mais leveza e facilidade", afirma, Rita e Carol.

Além do Coletivo, a marca dá suporte para mais quatro marcas brasileiras lideradas por mulheres, são elas: “Calma”, “Fala”, “Az Marias” e “Mile.Lab”.

“Em um momento tão desafiador na economia, essa união reforça a importância do trabalho colaborativo, cruzando credenciais e ajudando a dar visibilidade para marcas que são a cara das consumidoras", afirmam as criativas.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos