Coldplay será a principal atração do cancelado festival de Glastonbury

·1 minuto de leitura
O evento, com Coldplay, será transmitido ao vivo e jogado com atraso em quatro fusos horários internacionais

O festival de Glastonbury irá transmitir um show do Coldplay ao vivo no sábado (22) de sua famosa fazenda no sudoeste da Inglaterra, depois que a pandemia forçou o evento a ser cancelado pelo segundo ano consecutivo.

O show virtual de cinco horas também terá apresentações de Damon Albarn, Wolf Alice, Haim, Michael Kiwanuka e outros em locais bem conhecidos em Worthy Farm em Glastonbury, onde o festival é frequentemente realizado, como o Stone Circle e o campo Pyramid.

A organizadora Emily Eavis, que anunciou em janeiro o cancelamento do evento anual pelo segundo ano consecutivo, e disse que seria "como o festival, mas sem gente".

"Estamos muito animados em poder mostrar a fazenda de uma forma que as pessoas nunca viram, com esses artistas incríveis", disse à rádio BBC.

O evento será transmitido ao vivo e com atraso em quatro fusos horários internacionais. Os ingressos custam 20 libras (28 dólares, 23 euros), e Eavis afirma que haverá "uma série de apresentações surpresas não anunciadas".

Paul Dugdale, diretor do evento, disse que pode esperar recriar o senso de aventura.

“Glastonbury é uma aventura, e você nunca sabe o que está por vir, e muitas vezes as melhores partes do festival são aquelas que você não espera, e isso é muito divertido”, disse ele.

O Glastonbury, que acontece em uma fazenda de laticínios em Somerset, no sudoeste da Inglaterra, foi forçado a cancelar o evento em 2020 - o ano do 50º aniversário - devido às restrições do coronavírus, depois que 135 mil pessoas já haviam comprado seus ingressos.

jwp/wdb/pc/tjc/gf