Cleo, Rafa, Guimê e outros influenciadores são processados por propaganda enganosa

·1 minuto de leitura
Influenciadores são processados por propaganda enganosa no Instagram. Foto: Reprodução/Instagram
Influenciadores são processados por propaganda enganosa no Instagram. Foto: Reprodução/Instagram

Resumo da notícia:

  • Homem acusa influenciadores de propaganda enganosa em posts do Instagram

  • Os artistas teriam divulgado loja de aparelho celulares em suas respectivas contas

  • O autor da ação pede indenização por não ter recebido os aparelhos que comprou

Cleo Pires, Rafa Kalimann, Jojo Todynho, MC Guimê e outros cantores, influenciadores e ex-BBBs estão sendo processados por propaganda enganosa. A ação está sendo movida por um auxiliar administrativo contra um grupo de mais de 20 pessoas que teriam divulgado publicidades referente a aparelhos da Apple em suas páginas do Instagram. O autor alega que foi levado a comprar dois celulares iPhone e não recebeu os aparelhos pelos quais pagou.

Segundo informações do UOL, que teve acesso ao processo, a lista de corréus citados no processo é extensa e envolve outras pessoas como Mc Mirella, Mc Kekel, Flávia Viana (BBB7), Gleici Damasceno (BBB18), Jéssica Mueller (BBB18), Carla Diaz (BBB21), Luísa Sonza, Breno Simões (BBB 18) e Adriana Sant'Anna (BBB 11).

Leia também

Além dos influenciadores, a empresa responsável pela venda dos aparelhos também está sendo processada. Os celulares teriam sido comprados em 2018, mas a ação só foi protocolada recentemente na 4ª Vara Cível de Campo dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

O autor diz no processo que R$ 2.200 pelos aparelhos e pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 20 mil. Ele pede ainda uma restituição financeira de R$ 4,4 mil pelos celulares, que considere os valores atualizados e multa.

Para o auxiliar administrativo, tanto a empresa quanto os influenciadores fizeram publicidade dos produtos e, portanto, são responsáveis pelos danos que alega ter sofrido. Além do prejuízo financeiro por ter comprado e não ter recebido os aparelhos, o autor alega "grande abalo material e moral, envergonhando-o perante as pessoas com as quais mantém relacionamento pessoal e familiar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos