Cleo fala sobre machismo e sexualidade: "não é fácil para o homem estar junto com uma mulher como eu"

Foto: Reprodução/Instagram (@cleo)

Cleo participou de uma entrevista para o canal da amiga, Giovanna Ewbank, neste fim de semana, e fez um desabafo daqueles sobre sua carreira, parceiros e sexualidade.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Giovanna, é claro, foi direto ao ponto sobre a cantora ser considerada um símbolo sexual de sua geração e questionou o sentimento de Cleo no assunto: “Eu sou muito bobona, não sou só isso [sexy], mas gosto de fazer carão em foto, eu acho divertido, adoro coisas sensuais, mas as pessoas ficam apegadas nisso! E tudo bem", disparou.

Leia também

Cleo também relembrou o momento em que foi capa da Playboy: “Eu ficava com muito pudor do meu corpo porque achava que através disso eu tinha que ensinar alguma coisa para alguém. Mas eu sou muito exibicionista e se eu quero ser, vou ser da melhor forma”, afirmou.

Giovanna também questionou o que João Vicente (marido de Cleo na época) pensou da revista: “Infelizmente ainda hoje não é fácil para um homem estar junto de uma mulher como eu", exaltou.

E continuou, falando sobre o machismo atual: “O homem não foi criado nem pela sociedade, nem pelo inconsciente coletivo, nem pelos pais pra entender que ele vai ter uma parceira do lado dele, não uma funcionária. E acho que todo homem é meio assim ainda. Mas dentro disso, o João era maravilhoso, somos amigos até hoje.”

Cleo ainda afirmou que não pretende mais se casar: “Já quis ter tudo isso, mas os desejos mudam. Tenho só vontade de ter filhos”

Veja o vídeo na íntegra abaixo: