Cleo diz que se inspirou em Rihanna para aceitar suas curvas

Redação Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
A atriz se inspirou na cantora pop (Foto: Reprodução/Instagram/@cleo)
A atriz se inspirou na cantora pop (Foto: Reprodução/Instagram/@cleo)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cleo, 37, revelou que a cantora pop Rihanna é uma das suas grandes inspirações quando se trata de empoderamento. A atriz participou do programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’ (Globo) nesta terça-feira (1), onde discutiu sobre padrões de beleza e autoaceitação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Segundo ela, o tema começou a chamar sua atenção ano passado, quando engordou e foi alvo de comentários preconceituosos e negativos sobre suas curvas. Questionada por Fátima Bernardes como superou as críticas, Cleo disse que sempre esteve rodeada de pessoas boas e também que focou em inspirações como Rihanna.

"Ver que ela também engordou e mesmo assim seguiu a vida, continuou linda, rica e milionária... Eu falei: 'Vou focar nisso aqui' [risos]", afirmou.

Leia também

Na opinião de Cleo, o assunto sobre autoaceitação é sério e deve ser discutido pela sociedade. "Achei muito injusto quando aconteceu comigo, mas pensei em quantas mulheres também passam por isso (...) Decidi não me esconder como sempre fiz. Falei: 'Vou enfrentar, não vou deixar de usar biquíni, fazer meus ensaios'", completou.

Ativista dos direitos das mulheres, a atriz também comentou sobre o machismo que envolve a opinião sobre os corpos femininos. Segundo ela, a ideia de que o corpo da mulher é público faz com que as pessoas se sintam no direito de comentar sobre.

"Senti que as pessoas usavam isso pra me tratar como se eu não pudesse ser levada a sério, como se eu não tivesse outros valores... me revoltei", afirmou Cleo, que também comentou sobre sua imagem ter reproduzido padrões de beleza por muitos anos.

"Eu era uma 'replicadora' desses padrões tóxicos. Pensava coisas muito nocivas em relação à mim e as outras mulheres também. Hoje consigo olhar para mim mesma com mais respeito, com menos julgamento."

O bate-papo da atriz no Encontro contou também com a presença da jovem modelo Larissa Sampaio, que possuí vitiligo (doença que causa despigmentação da pele na forma de manchas). Fátima Bernardes parabenizou as duas pela força e coragem de se aceitarem.