Cleo fala sobre como se vê atualmente: “Tento não depender do que olho no espelho”

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Cleo já saiu em defesa de Bianca Andrade (Patrícia Devoraes / AgNews)

Xico Silva
telefone: (21) 98240-2501
email: agnews.fotografia@gmail.com
Cleo fala sobre como se vê atualmente (Patrícia Devoraes / AgNews)

Há dois anos Cleo se encontrou com seu corpo e vem vivendo um momento de redescoberta com a própria imagem. Em conversa com Monique Curi em um vídeo no Youtube, ela falou mais sobre essa experiência.

Ao ser questionada como se vê quando está defronte um espelho, ela comentou: “Tenho um pouco de distorção quando eu me olho, mas eu tento não depender mais tanto do que eu olho no espelho”, explicou.

Leia também

A cantora ainda confessou que ainda sente quando lê as críticas que fazem sobre o corpo dela. “Mexe né? A gente não é uma ilha. Tem gente que romantiza muito isso de que tem que ligar o foda-se. Sim, no final das contas você acaba pensando assim. Isso também é uma realidade, mas outra realidade é que você não é uma ilha, você quer a aprovação das pessoas, você quer o carinho, você quer aceitação”, falou.

Cleo ressaltou que, aos seus olhos, beleza não está ligada ao um padrão. “Tem várias pessoas que eu acho gatas e que acho sexy, e são gordas. Porque eu tenho que ficar me vendo com essa lente o tempo inteiro, se eu não uso essa lente para os outros? Acho que junto com isso tem muita autocrítica, muita coisa da pressão estética, que acho que a sociedade toda sente, mas para mulher é mais”, afirmou.

A filha de Gloria Pires ainda refletiu sobre a cobrança que é colocada nas mulheres em geral: “Não é sobre mim, é sobre todas nós, umas mais, outras menos. Se você está mais próxima do padrão, obviamente você sofre menos sobre isso. Mas de alguma forma também querem que você esteja dentro de uma caixa que esperam de você, porque é o que viram de você, ou o que pensaram de você. Então é tudo assim... desumano, eu acho! Mas eu tenho tratado isso, tenho conversado muito sobre isso. E tenho aceitado os meus processos”, apontou.

Durante esse processo de ganhar peso e ser criticada em público ela foi diagnosticada como bulímica. “Tinha mais a ver com comer muito, desesperadamente até machucar, e aí chegava a fase que eu vomitava. Depois tinha a fase que eu tomava remédio para ir no banheiro. E também tinha aquela fase que eu achava que seu ficasse três dias sem comer e me exercitando loucamente, eu emagreceria. E aprendi muita coisa, estou quebrando muitos paradigmas e muitos tabus dentro da minha cabeça”, concluiu.