"Foi pior ficar com uma mulher do que tirar roupa na webcam", diz Clara sobre "BBB14"

Vanessa e Clara Aguilar no
Vanessa e Clara Aguilar no "BBB14". Foto: Divulgação/Globo

Resumo da notícia:

  • Clara Aguilar relembrou do relacionamento lésbico vivido no "BBB14"

  • Stripper virtual, ela comparou a repercussão de sua profissão com o romance com Vanessa

  • Ela contou que sua família viu mais problema no casal do que nela tirar a roupa na webcam

Clara Aguilar relembrou da repercussão de sua passagem pelo "Big Brother Brasil 14" ao ter protagonizado o primeiro casal LGBTQ+ da história do reality show. Em entrevista a Rafinha Bastos, no podcast "Mais que 8 Minutos", a ex-BBB comparou o fato de ser stripper virtual com ter vivido um romance lésbico com Vanessa no confinamento.

"Meu maior medo era a reação que a minha família teria, porque a minha mãe sabia, mas sabia meio por cima, não sabia que era explícito", explicou ela. "Mas foi tranquilo, porque eu fiquei com uma mulher lá e isso foi um problema maior para a minha família". (...) "Foi muito pior o fato de eu ter ficado com uma mulher lá dentro do que o fato de ter tirado a roupa na webcam", declarou ao relembrar da reação de seus parentes ao vê-la em rede nacional.

Vale lembrar que Vanessa e Clara, que ficaram conhecidas pelo shipper "Clanessa", conquistaram o público na época e chegaram até a final da edição vencida por Vanessa Mesquista - Clara terminou em terceiro lugar. Elas trocavam beijos, carícias e momentos mais íntimos sem medo de serem felizes na casa mais vigiada do Brasil. Confira o relato da ex-BBB: