Citi Private Bank emite Perspectiva 2021: O Novo Ciclo Econômico: Investindo para um Mundo Pós-COVID

·5 minuto de leitura

O Citi Private Bank espera que 2021 marque o início de um novo ciclo econômico, que tem ventos favoráveis mais intensos do que os investidores esperam. É momento de investir plenamente e ter esperança.

O Citi Private Bank lançou sua Perspectiva 2021: O Novo Ciclo Econômico: Investindo para um Mundo Pós-COVID. A publicação semestral fornece percepções aprofundadas sobre a economia mundial e os mercados financeiros para o próximo ano e destaca as "tendências imparáveis" plurianuais para portfólios de clientes. Esta edição delineia por que este é um momento excepcional para ser um investidor. Assim como a pandemia modificou o preço de cada título ao chegar, a saída da COVID marcará o início de um novo ciclo econômico, criando novas oportunidades aos investidores.

O Citi Private Bank espera que 2021 se beneficie de uma economia que demonstrou resiliência diante da pior crise mundial de saúde em mais de um século. 2020 foi uma oportunidade para o mundo "testar o futuro" e abrir caminho ao crescimento à medida que reduz a pandemia. Os ventos favoráveis para 2021 são subestimados: nosso sistema financeiro é forte, as ações do governo para proteger pessoas e empresas vêm sendo eficazes, a inovação tecnológica continua a acelerar e houve uma corrida científica de êxito que desenvolveu uma vacina eficaz em tempo recorde.

"As oportunidades de investimento neste novo ciclo econômico irão refletir muitas novas realidades, moldadas por impactos da tecnologia em nossas vidas durante esta pandemia, bem como nos valores que compartilhamos", disse David Bailin, Diretor de Investimentos do Citi Private Bank. "Nosso otimismo quanto a 2021 é sustentado por instituições financeiras fortes, altas poupanças familiares e níveis crescentes de confiança entre empresas e consumidores. Também estamos percebendo um maior otimismo de investidores devido às baixas taxas de juros em todo o mundo que permitirão uma recuperação completa da economia."

A COVID fez com que muitas avaliações de ativos se desviassem de suas médias a longo prazo. O Citi Private Bank sugere que, no início de 2021, o valor destas distorções de avaliação irá desaparecer. Haverá inúmeros beneficiários, incluindo setores "cíclicos da COVID", como financeiro, industrial e imobiliário, bem como hotéis, restaurantes e companhias aéreas.

Outros fatores que o Citi Private Bank observa tornam este um momento especialmente importante para a ação de investidores: uma economia que irá se recuperar mais rápida e robusta do que as desacelerações anteriores, estímulo financeiro em volumes nunca vistos antes, inovação tecnológica e a reavaliação de títulos associados impactou negativamente a maioria dos setores de negócios. O Citi Private Bank sugere que os investidores não mantenham excesso de caixa e esperem por um "melhor momento de entrada". Em vez disso, o banco recomenda que os investidores sejam totalmente alocados e investidos após decidir quanto dinheiro precisarão nos próximos 5 anos.

2020 também provou o poder de permanência de nossas "tendências imparáveis", especialmente a digitalização, a ascensão da Ásia, a ecologização do mundo e a longevidade. A exposição dos portfólios a estas tendências deve ser aumentada como proporção do domínio acionário geral. Também recomendamos a modificação da relação entre o patrimônio líquido e a dívida para refletir o ambiente da taxa de juros e as inúmeras oportunidades subvalorizadas nos mercados mundiais. Em contraste, os portfólios de renda fixa devem refletir apenas as melhores oportunidades de rendimento em todo o mundo. Para investidores qualificados, o banco recomenda certas estratégias de mercado de capitais que possam criar receita a partir da volatilidade do mercado.

O relatório completo, uma versão resumida, vídeos curtos e outros materiais podem ser acessados no site do Citi Private Bank aqui.

Sobre o Citi Private Bank:

O Citi Private Bank dedica-se a atender pessoas e famílias das classes média e alta, fornecendo serviços bancários privados personalizados além das fronteiras. Com cerca de US$ 500 bilhões em total de negócios com clientes, a franquia atende clientes em 50 cidades em mais de 100 países. O Citi Private Bank ajuda os clientes a crescer e manter riquezas, financiar ativos, tornar o giro de caixa mais complexo, salvaguardar ativos, preservar legados e atender às necessidades de famílias e empresas familiares. A empresa oferece aos clientes produtos e serviços que cobrem o mercado de capitais, investimentos gerenciados, gestão de portfólio, planejamento de créditos e patrimônios, financiamento de investimentos, financiamento bancário e de aeronaves, consultoria e financiamento de obras de arte bem como financiamento esportivo.

Sobre o Citi:

Citi, o banco com liderança mundial, tem cerca de 200 milhões de contas de clientes e faz negócios em mais de 160 países e jurisdições. O Citi fornece aos clientes, corporações, governos e instituições uma extensa gama de produtos e serviços financeiros, incluindo serviços bancários e de crédito ao consumidor, bancos corporativos e de investimentos, corretagem de títulos, serviços de transação e gestão de patrimônio. Informações adicionais podem ser encontradas em www.citigroup.com | Twitter: @Citi | YouTube: www.youtube.com/citi | Blog: http://blog.citigroup.com | Facebook: www.facebook.com/citi | LinkedIn: www.linkedin.com/company/citi.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20201204005583/pt/

Contacts

Contatos de mídia:
América do Norte: Gabriel Morales gabriel.morales@citi.com
EMEA: Allister Fowler allister.fowler@citi.com
APAC: Godwin Chellam godwin.chellam@citi.com
América Latina: Alex Ravinet alexandra.ravinet@citi.com