'Cinemou!' é podcast que não inova, mas agrada cinéfilos moderninhos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "É inovador e revolucionário? Não, mas, durante aquela meia hora, cria ali para você um lugar tão aconchegante, tão reconfortante." A fala, dita pela crítica de cinema Isabela Boscov, virou meme no TikTok porque parece servir para analisar tudo quanto tipo de coisa, de refrigerantes a livros -e resume bem o podcast "Cinemou!" também. É que, apesar de não ser nenhuma novidade, o programa é um prato cheio para quem gosta de um bom papo sobre cinema.

A definição de Boscov só não é exata neste caso porque os episódios do "Cinemou!" duram muito mais que 30 minutos. Apresentado por Ricardo Rente e Alexandre Almeida, o podcast reserva cerca de duas horas semanais para destrinchar a fundo todo tipo de filme.

O primeiro episódio do projeto foi lançado em outubro de 2019. Desde então, o "Cinemou!" produziu mais de cem capítulos que se debruçam sobre blockbusters, como o novo "Batman", ou que falam de filmes mais antigos, caso do capítulo sobre "O Auto da Compadecida".

Há também séries temáticas, como a que destrinchou os oito filmes de "Harry Potter" ou a que dedicou vários episódios a longas de Christopher Nolan, cineasta conhecido por dirigir uma trilogia de filmes realistas do Batman. O herói, aliás, parece ser um queridinho do "Cinemou!", que já lançou capítulos sobre quase todos os seus filmes.

Cada episódio do programa começa com um quadro chamado Papinho. Nele, Rente e Almeida repercutem notícias sobre cinema ou séries de TV, comentam alguma produção que assistiram naquela semana ou discutem algum tema aleatório.

É até interessante ouvi-los falando sobre amenidades ou dando espaço para títulos que não merecem duas horas de comentários -o problema é que, às vezes, o aquecimento se estende demais. No caso do recente episódio sobre "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada", por exemplo, os apresentadores falam sobre a série "Pacificador" durante 32 minutos. Quem não se interessa pela produção, que nada tem a ver com o tema do episódio, precisa esperar bastante para chegar ao pedaço principal.

Mas a espera vale a pena. Quando Rente e Almeida começam a debater sobre o tema da semana, o tempo do episódio passa com facilidade. Eles destrincham cada detalhe do filme -no caso do capítulo sobre "O Hobbit", por exemplo, eles começam falando do contexto de lançamento do longa, discutem se a produção teria dado certo nas mãos de Guillermo Del Toro, falam dos aspectos técnicos do filme e expressam sua visão completa sobre a obra.

Este episódio, aliás, é o primeiro da nova série temática do "Cinemou!", que vai lançar seis programas mensalmente para esmiuçar cada um dos filmes que rodeiam o universo de "O Senhor dos Anéis".

Mas pouco importa quão instigante são os temas se a apresentação não for fluida. Coisa que felizmente não ocorre no "Cinemou!" -o entrosamento entre Rente e Almeida fica evidente na forma habilidosa como eles dividem o microfone e conduzem o ouvinte. A verdade é que parece que eles estão só de conversa fiada.

Rente tem experiência em falar de cinema na internet. Ele é criador de um canal no YouTube, onde grava sobre os filmes que assiste e faz análises de trailers. Almeida não é youtuber, mas um fissurado por cinema que consegue expor suas opiniões com clareza.

O "Cinemou!" também ganha pontos pela sinceridade e intensidade que os apresentadores têm. Exemplo é o divertido episódio sobre "Venom: Tempo de Carnificina", em que Rente esculacha o filme. Mas também é bom ouvi-los genuinamente empolgados, como no caso do capítulo sobre "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa".

Vale dizer que, além do papo sobre cinema, os dois às vezes falam sobre suas vidas no Canadá, país onde moram. Aliás, essas curiosidades canadenses que fogem ao tema principal do podcast são bastante bem-vindas e deveriam ocorrer com mais frequência para deixar o papo ainda mais dinâmico.

Podcast é um formato que tem feito sucesso entre os moderninhos. No caso do "Cinemou!", é provável que o programa agrade justamente os cinéfilos mais jovens, que têm paciência para ficar duas horas ouvindo dois rapazes jogando conversa fora sobre um filme qualquer.

CINEMOU!

Onde: Deezer, Spotify e YouTube

Link: https://open.spotify.com/show/6b0sisMHdz5v5YSBbjBBmw?si=IQkKluvPS6iF0UJfprjwjw

Apresentação: Alexandre Almeida e Ricardo Rente

Avaliação: Muito bom

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos