Cinema Roxy volta a fechar, e moradores de Copacabana temem que seja em definitivo

Carolina Ribeiro
·1 minuto de leitura
Reprodução Kinoplex

RIO — O Roxy, único cinema de rua ainda em funcionamento em Copacabana, que havia sido reaberto em outubro, voltou a fechar as portas, deixando moradores e frequentadores temerosos de que, desta vez, a medida seja definitiva. Segundo informação que consta no site do grupo Kinoplex, administrador do Roxy, porém, o fechamento é temporário.

Nas redes sociais, a comoção foi imediata. Em grupos do Facebook como o Copacabana Alerta, moradores já sugerem uma articulação para tentar garantir que o tradicional cinema, localizado na Avenida Nossa Senhora de Copacabana há 82 anos, volte a funcionar.

A associação de moradores Sociedade Amigos de Copacabana compartilhou uma foto mostrando que os letreiros na parte interna do cinema, anunciando os filmes em cartaz, estavam vazios, ostentando apenas o símbolo da Kinoplex.

Ainda de acordo com a página, a assessoria de imprensa do local teria informado que o fechamento do Roxy seria de apenas 30 dias e fora uma decisão estratégica do Kinoplex. Procurada, a assessoria de imprensa do grupo não confirmou oficialmente a informação.

Em novembro deste ano, o sócio-fundador do Cine Joia, cinema de rua que havia sido reaberto em 2010 também em Copacabana, anunciou o encerramento das atividades por não suportar a crise financeira, principalmente após deixar de receber repasses mensais da Prefeitura do Rio em meio à pandemia. Desde então o Roxy era o único cinema de rua do bairro, que já teve mais de dez em funcionamento simultaneamente.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)