Cineasta Paul Haggis detido na Itália por suposta 'agressão sexual'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O diretor e roteirista de cinema canadense Paul Haggis, vencedor de vários Oscars, foi detido no sul da Itália por suspeita de agressão sexual qualificada, informaram agências de notícias italianas neste domingo, citando promotores locais.

O diretor e roteirista é "suspeito dos crimes de agressão sexual qualificada e lesão corporal, crimes cometidos sobre uma jovem estrangeira", segundo as agências ANSA e AGI, citando uma nota escrita pelos promotores de Brindisi.

Haggis, de 69 anos, que escreveu e produziu o filme vencedor do Oscar "Crash", seria a atração principal do festival de cinema "Allora Fest", que começa na terça-feira na cidade de Ostuni, na província de Brindisi.

A vítima estava hospedada na casa de Haggis antes do festival, segundo os promotores.

"O suspeito supostamente forçou a jovem, que ele conhecia há algum tempo, a ter relações sexuais", escreveram.

Após um dos encontros, a mulher foi "forçada a procurar atendimento médico", escreveram.

A AFP enviou uma mensagem de voz e e-mail para um dos advogados de Haggis, mas ainda não houve resposta.

ams/sag/mb/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos