Christian Bale é cotado para ser o vilão do próximo filme de Thor

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Christian Bale, 45, está em negociação com a Marvel para integrar o elenco do filme "Thor: Love and Thunder". A informação é da revista americana Variety.

O filme deve estrear em novembro de 2021. Se o contrato for fechado, esse será o primeiro filme de Bale em uma grande franquia de heróis desde a sua perfomance em Batman, em 2012. 

Ainda não é claro qual papel deve ser dado a Bale, mas fãs já cogitam que será o vilão Gorr, já conhecido dos quadrinhos. No entanto, há a possibilidade de Natalie Portman ter de enfrentar um outro vilão,  Cul, o Deus do Medo, que é tio de Thor. 

Portman, que estava longe dos filmes desde 2013, volta à franquia. Na Comic Con do ano passado, o diretor da Marvel, Kevin Feige, já tinha adiantado que a personagem dela, Jane Foster, vai pegar o martelo do Thor e se transformar na Deusa do Trovão. Nos quadrinhos, já foi lançada a série "The Mighty Thor", a primeira em que tem Jane como protagonista. 

Esse será o quarto longa dedicado ao herói e terá direção do neozelandês Taika Waititi.

Enquanto Thor não vem, esse ano está repleto de estreia de super-heroínas. A Mulher-Maravilha na versão da atriz Gal Gadot volta às telas com uma história que se passa nos anos 1980. 

O primeiro filme da franquia, lançado no ano passado, arrecadou US$ 412,5 milhões (R$ 1,5 bilhão) só no mercado americano e se transformou no campeão de bilheteria entre títulos dirigidos por uma mulher, no caso, Patty Jenkins. 

E se "Esquadrão Suicida" (2016) foi um fracasso, a personagem Arlequina (Margot Robbie) se desvencilhou desse problema e terá o seu próprio filme. "Aves de Rapina" será um totalmente feminino. Nele, a vilã se une e outras poderosas e se torna heroína após curar um coração partido.

Outra personagem que ganhou asas é a Viúva Negra (Scarlett Johansson), que saiu do universo masculino de "Vingadores". Pelo trailer já divulgado o filme promete mostrar a infância da heroína e os dilemas que sofreu antes de se tornar a famosa Viúva Negra.

Outra heroína aparece em tempos de live-action a exemplo de "Aladdin", "O Rei Leão" e "Mogli" (2018). A primeira versão real de Mulan será interpretada pela atriz Liu Yifei. O ator chinês Tzi Ma faz parte do elenco e conta que o filme será totalmente diferente da animação de 1998. "Não será uma refilmagem da animação, o que pode ser, talvez, frustrante para os fãs do desenho clássico", disse o ator em entrevista ao site americano Digital Spy.