Chris Hemsworth, astro de Thor, revela que tem predisposição para o Alzheimer

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator australiano Chris Hemsworth, 39, astro de Thor, revelou à revista Elle que tem predisposição para no futuro desenvolver Alzheimer -doença degenerativa que causa deterioração dos sistemas cognitivo e neurológico.

Hemsworth contou que descobriu que tem chances de ter a doença após uma bateria de testes genéticos durante o Limitless, sua nova série documental para a National Geografic. No programa, ele falou que a descoberta foi: "meu maior medo".

O ator recebeu a análise de seu DNA que constatou que ele tem duas cópias do gene APOE4 -do pai e da mãe- cujos estudos associam a um risco maior de desenvolver Alzheimer. Uma em cada quatro pessoas carrega uma única cópia do gene, mas apenas 2 a 3% da população possui ambos, de acordo com um estudo de 2021 do National Institutes of Health.

Ele disse à publicação que o diagnóstico é um motivo de preocupação para o futuro e que a dupla ocorrência do gene o coloca em uma categoria maior de desenvolver a doença degenerativa. "Minha preocupação era que eu simplesmente não queria manipulá-lo e dramatizá-lo demais, e transformá-lo em algum tipo de empatia piegas, ou qualquer outra coisa, para entretenimento", disse Hemsworth. "Não é como se eu tivesse recebido minha demissão."

O ator falou ainda que encarou a descoberta da predisposição genética para a doença como um benção para poder começar a tomar medidas para gerenciar o risco, manter a saúde física e mental e quem sabe conseguir evitar o desenvolvimento do Alzheimer pelo maior tempo possível. Ele ainda brincou com o repórter: "[Sempre que esqueço algo] é a minha desculpa agora."