Choro, figurino rasgado e até ameaça de sapinho: Gkay é alvo de graves acusações de estrelismo. Entenda!

Gkay volta a ser alvo de rumores sobre ataque de estrelismo. As informações a seguir foram dadas pelo colunista Lucas Pasin, do UOL
Gkay volta a ser alvo de rumores sobre ataque de estrelismo. As informações a seguir foram dadas pelo colunista Lucas Pasin, do UOL - Reprodução, Instagram

Meses após ser acusada de estrelismo no São João da Thay, Gkay volta a ser alvo de rumores controversos. A nova polêmica teria acontecido nos bastidores do filme "Um Natal Cheio de Graça", da Netflix. Segundo o colunista Lucas Pasin, do UOL, o comportamento da humorista causou medo nos colegas de trabalho.

As gravações ocorrem no final de 2021, no Rio de Janeiro e em Petrópolis, cidade da região serrana. Segundo a publicação, a rotina de set teve acompanhamento de um profissional do RH da produtora. O objetivo seria controlar o comportamento de Gkay para que não houvesse denúncias de assédio moral.

De acordo com um membro da produção entrevistada por Lucas Pasin, as pessoas têm medo de Gkay. "Quando me chamaram para fazer o filme fiquei muito feliz, e ainda pensei: 'A Gkay deve ser muito legal'. No primeiro dia já me avisaram: 'Ninguém queria fazer o filme por ser com ela, e achei que você fosse desistir também'", relatou.

GKAY TERIA AMEAÇADO IR EMBORA APÓS LEVAR BRONCA NO SET

Uma reclamação recorrente de quem trabalhou com Gkay na produção do filme foi em relação aos atrasos. Ela teria se atrasado cinco horas para uma prova de figurino. "E nunca se desculpava, era como se todos estivessem na obrigação de esperá-la. Ninguém falava nada, já era comum que ela gritasse, e isso intimidava", disse a fonte consultada pelo colunista Lucas...

Veja mais


Veja também

Yasmin Brunet é flagrada em delegacia após ser alvo de graves acusações. Veja fotos e entenda o caso
Após graves acusações, polêmica com Yasmin Brunet termina em prisão. Entenda o caso!
'Falsa crente': Michelle é alvo de acusações após brigas com filho de Bolsonaro. Entenda a polêmica!