Chocada, Jessi fez a pergunta de ouro do BBB22: Como deixamos Eli chegar tão longe?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Eliezer no 'BBB22
Eliezer no 'BBB22" (Reprodução Globoplay)

Em sua entrevista com Ana Maria Braga após ser eliminada do "BBB22", Jessi fez a pergunta crucial sobre essa reta final de reality: por que ainda insistimos em deixar Eliezer dentro da casa? Inexpressivo e sem grandes contribuições para o jogo, Eli foi se escorando em paredões que não eram sobre ele, não teve embates memoráveis dentro da casa e acabou aparecendo muito mais pelas pessoas com as quais se relacionou no confinamento do que pelas próprias estratégias.

O brother começou a chamar atenção pela primeira vez na casa ao ganhar a fama de "pegador" do "BBB22". Em um momento no qual as dinâmicas estavam mais leves e o confinamento recebia críticas por ser tranquilo e "Disney" demais, brothers como Eliezer estavam preocupados em se divertir nas festas e aproveitar o momento sob os holofotes, e os grandes acontecimentos da casa giravam em torno da pegação.

A história de Eli começou de fato quando ele ficou com Maria em uma das festas do reality. Livre e tranquila, a sister se divertiu ao ficar com o brother, deixando claro que não queria nada sério e que não tinha ciúmes de Eli. Em seguida, Maria também ficou com Lina, e Natália começou a se interessar por Eli. A situação saiu de controle quando o brother teve uma crise de herpes e, em vez de aproveitar o momento para descansar, resolveu ficar com Natália mesmo correndo o risco de transmitir a doença para a sister.

Eliezer ficou inseguro sobre o que aconteceria com seu relacionamento com Maria ao ficar com Natália, mas a atriz voltou a dizer que nunca teve ciúmes. "Aqui nessa casa tudo acumula, e tá tudo bem. Você está preocupado, mas não tem nada demais. Foram duas pessoas solteiras, num confinamento, com um pouco de álcool. O único problema é que você está tratando essa herpes, não sei se ela viu", disparou Maria. Eliezer e Natália continuaram ficando, mesmo o brother votando em Nat, e a narrativa se transformou em uma discussão de casal.

Fora das dinâmicas com a sister, Eliezer permaneceu sem participar de nenhuma das questões relevantes do jogo. Seus dias foram definidos não só por sua interação com Natália como por sua amizade com Vyni, que parte do público criticava por achar que o brother estava "se humilhando" em troca de migalhas de afeto de Eli. Em suas atitudes com Vyni, Eliezer permaneceu sempre focado em si mesmo, e o que poderia ser uma parceria longa acabou apenas queimando a imagem do cearense, que saiu da casa com rejeição.

Eliezer não criou estratégias de jogo, não teve nenhum discurso marcante, não criou algozes, nunca foi um grande competidor nas provas e não criou nenhuma dinâmica na qual não fosse coadjuvante. Questionada por Ana Maria Braga sobre Eliezer não ter saído no paredão com ela e Arthur Aguiar, Jessi foi incisiva: "Não estou entendendo, mas parece que o Eli tem conseguido fugir dos paredões, né? Porque não tem outra explicação", afirmou, rindo.

A definição de Jessi é exata, já que Eli participou de poucas berlindas. Nas eliminações de Laís e Lina, o público estava interessado em tirar as duas "inimigas" de Arthur Aguiar, e Eliezer acabou esquecido e sendo deixado para escanteio. A falta de protagonismo do brother acabou sendo boa para sua trajetória na casa, já que, por ser sempre a segunda opção do público, acabou não sendo alvo em paredões que não eram sobre ele.

Além de não ter chances de vencer, uma trajetória apagada como a de Eli traz outro problema: embora ficar como coadjuvante conferiu longevidade a seu jogo, essa característica é péssima para a carreira do brother pós "BBB22". Quem vai se lembrar de Eliezer após o confinamento? Eli corre sério risco de seguir o mesmo caminho de Alan, do "BBB19", que chegou até a final mas foi totalmente eclipsado pela vitória controversa de Paula. Hoje, quase ninguém mais se lembra do surfista, que seguiu a mesma trajetória de Eliezer de fugir de polêmicas e ir chegando de soslaio até a final.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos