China planeja afastamento estratégico das 'loucuras' de Putin

China planeja afastamento estratégico das 'loucuras' de Putin
A China planeja se afastar da Rússia credit:Bang Showbiz
A China planeja se afastar da Rússia credit:Bang Showbiz

A China teme que a Rússia se torne uma "potência insignificante" sob a liderança "insana" de Vladimir Putin.

Pequim estaria planejando reavaliar sua política externa para longe de Moscou como resultado da perda de credibilidade econômica e política da Rússia após a desastrosa invasão à Ucrânia.

O presidente chinês Xi Jinping e Putin prometeram fortalecer as relações durante uma videoconferência no mês passado, mas fontes disseram ao Financial Times que o Partido Comunista Chinês está perdendo a confiança no líder russo.

"A decisão de invasão foi tomada por um grupo muito pequeno de pessoas. A China simplesmente não deveria seguir a Rússia. Putin é louco", disse um oficial chinês, que se manteve anônimo.

Pequim afirma não ter conhecimento dos planos de Putin de lançar uma invasão em grande escala da Ucrânia no ano passado e esperava apenas uma operação militar limitada.

A China não estava preparada para a invasão e a falha em obter informações precisas do Kremlin levou ao rebaixamento do vice-ministro de relações exteriores do país, Le Yucheng.

Funcionários chineses anônimos dizem acreditar que a "operação militar especial" de Putin estava fadada ao fracasso e que a Rússia ia sair com a reputação manchada do conflito.