Chico Buarque diz que país é governado por 'loucos'

MÔNICA BERGAMO
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 27.02.2018: Músico Chico Buarque durante ensaio no Tom Brasil, em São Paulo. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O escritor, cantor e compositor Chico Buarque afirmou nesta quinta (30) que o Brasil é atualmente governado por "loucos".

Ele fez a afirmação em um vídeo enviado à cineasta Petra Costa, diretora do filme "Democracia em Vertigem", dirigido por ela e que foi indicado ao Oscar.

Na fala, Chico afirma que a cineasta "soube captar, no calor da hora", os bastidores do processo de impeachment de Dilma Rousseff.

As cenas do filme, diz ele, mostram como os que tramaram pela queda da então presidente davam a impressão de que "estavam brincando com a democracia".

"Não souberam esperar mais quatro anos, quando talvez pudessem implantar um governo liberal, conservador", afirma o artista. "E o resultado está aí. Temos hoje um país governado por loucos."

Leia a íntegra da fala:

"O filme democracia em vertigem, para além de seus méritos cinematográficos, que são muitos, tem um grande valor histórico. A diretora Petra Costa soube captar no calor da hora, com sensibilidade, os bastidores da cena política, principalmente a partir de 2014, quando os derrotados não aceitaram o resultado das urnas e passaram a tramar, com o apoio de grande parte da classe política, da grande mídia, e com pelo menos a complacência da Justiça, começaram a tramar contra o governo de Dilma Rousseff. Não souberam esperar mais quatro anos, quando talvez pudessem implantar um governo liberal, conservador. Tudo bem. Mas o que a gente vê ali, assistindo as cenas hoje, dá a impressão de que estavam brincando com a democracia. E o resultado está aí. Temos hoje um país governado por loucos. Obrigada, Petra Costa. Parabéns pelo seu filme e boa sorte."