Popularidade da série 'Chernobyl' faz local da tragédia virar palco até de ensaio sensual

Turista posa nos destroços da usina de Chernobyl, na Ucrânia (Imagem: reprodução Instagram @khrystyna_bubniuk)

Além de ser uma das séries mais comentadas e elogiadas dos últimos anos, ‘Chernobyl’ rendeu um efeito colateral um tanto quanto inesperado. Desde a estreia da série na HBO, a região de Pripyat, hoje na Ucrânia, local onde estava instalada a usina onde o acidente ambiental aconteceu, virou um requisitado ponto turístico.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Foi lá que uma explosão num dos reatores causou um gigantesco incêndio em abril de 1986, liberando uma série de elementos tóxicos no ar, o que fez com que as imediações precisassem ser abandonadas imediatamente. O saldo, em números oficiais, foi de 31 mortos diretamente logo em seguida ao evento e milhares de pessoas gravemente contaminadas, com aumento exponencial nos casos de câncer entre a população.

Leia também:

O estrago foi tão grande que cientistas recomendaram que a área fique inabitada por até 20 mil anos, fazendo de Pripyat uma verdadeira cidade fantasma. Para alguns, no entanto, visitar o local traga a oportunidade de fazer fotos impactantes e ganhar atenção nas redes sociais, com direito até mesmo a gente querendo sensualizar por lá.

Assim que o assunto ganhou popularidade, Craig Mazin, o criador da série, se pronunciou no Twitter: “É maravilhoso que ‘Chernobyl’ tenha inspirado uma onda de turistas à Zona de Exclusão”, escreveu. “Mas sim, eu vi as fotos que estão circulando. Se você for visitar, por favor, lembre que uma tragédia terrível ocorreu lá. Comportem-se com respeito àqueles que sofreram e foram sacrificados.”

Veja abaixo alguns exemplos das postagens às quais Mazin se refere: