Cheio de desfalques, Vasco visita o Defensa y Justicia na Sul-Americana

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ainda em meio a um surto de Covid no elenco, o Vasco volta suas atenções para a disputa da Sul-Americana nesta quinta (26), diante do Defensa y Justicia (ARG), em jogo de ida das oitavas de final. A partida acontece no estádio Norberto Tomaghello, na região metropolitana de Buenos Aires, a partir das 21h30. Já bastante desfalcada de nomes importantes como Fernando Miguel, Benítez e Talles Magno, desta vez a equipe cruz-maltina não poderá contar com o técnico Ricardo Sá Pinto, que também testou positivo para a Covid. Sem ele, a equipe irá a campo sob as orientações do auxiliar Alexandre Grasseli, que já assumiu a função em outras duas oportunidades, nas partidas contra Flamengo e Inter, logo após a demissão de Ramon Menezes. No time titular, o destaque fica por conta das voltas de Leandro Castan e Carlinhos, ambos livres do coronavírus, além de Léo Matos, que cumpriu suspensão no empate com o São Paulo, pelo Brasileiro. Vasco e Defensa y Justicia farão o jogo de volta na quinta-feira, dia 3 de dezembro, em São Januário. Quem avançar pega Unión Santa Fé ou Bahia. DEFENSA Y JUSTICIA Unsain; Frias, Rodríguez, Martínez; Acevedo, Loaiza, Rius, Benítez, Camacho, Pizzini; Braian Romero. T.: Hernán Crespo VASCO Lucão; Léo Matos, Leandro Castan, Miranda, Marcelo Alves, Neto Borges; Marcos Júnior, Leonardo Gil, Carlinhos; Gustavo Torres e Germán Cano. T.: Alexandre Grasseli (auxiliar) Estádio: Norberto Tomaghello, em Florencio Varela, na Argentina Horário: 21h30 desta quinta-feira Árbitro: Andres Matonte (URU)