ChatGPT: Homem utiliza IA para escrever e publicar livro em menos de 72h; entenda

Uma verdadeira inovação tecnológica, ferramentas que utilizam inteligência artificial como ChatGPT e Midjourney estão dando o que falar. Um assunto que entra em questões ligadas aos direitos autorais, liberdade de expressão e ‘humanização’ de uma obra. Recentemente, uma publicação gerou um certo "burburinho"…

 
Desenvolvimento de "Alice and Sparkle" utilizou ferramentas com IA para elaboração dos textos e imagens

Nos Estados Unidos, o gerente de design Ammar Reshi utilizou as duas ferramentas de IA para desenvolver seu próprio livro infantil. Com o uso do ChatGPT, ele criou os textos. Já o Midjourney foi utilizado para o criação das ilustrações da obra. Todo o processo de desenvolvimento levou menos de 72 horas, sendo publicado na Amazon em logo em seguida.

Ao ser entrevistado pelo site Insider, Ammar explica que a ideia do livro surgiu quando lia uma história de ninar para a filha de seu amigo. Após a criança cair no sono, decidiu que queria escrever ele mesmo sua própria história infantil, mas utilizando IA. Surgiu assim “Alice and Sparkle”, um conto que narra as aventuras da garota chamada Alice em uma jornada de aprendizado no mundo da tecnologia.

De acordo com o “escritor”, o chatbot ChatGPT escreveu a história utilizando comandos diversos, onde a própria ferramenta desenvolvia novos textos através do aprendizado. Depois de escrito, o gerador de arte Midjourney ilustrou a aventura ao oferecer detalhes para a IA da ferramenta. De acordo com Ammar, o único gasto foi...

ChatGPT: Homem utiliza IA para escrever e publicar livro em menos de 72h; entenda
Leia Mais

13ª geração de processadores Intel é anunciada para notebooks
Cachorro, aranha e robô? Marvel é o novo cão-robô capaz de escalar paredes; veja
O homem mais odiado da América 'revela' a identidade do criador do Bitcoin