Charlize Theron apresenta estrelas que se juntarão à luta contra violência doméstica

Por Oscar Lopez

Por Oscar Lopez

CIDADE DO MÉXICO (Thomson Reuters Foundation) - A atriz sul-africana Charlize Theron disse nesta quinta-feira que mais de 50 celebridades do sexo feminino, desde a atriz Reese Witherspoon à jogadora de futebol da seleção norte-americana Megan Rapinoe, estão com ela em sua campanha para combater a violência doméstica contra mulheres durante o período de isolamento imposto pela pandemia de coronavírus. 

A iniciativa #TogetherForHer foi lançada pela atriz vencedora do Oscar em abril, quando a organização Charlize Theron Africa Outreach Project anunciou que doaria 500 mil dólares a abrigos para vítimas de violência doméstica nos Estados Unidos e na África do Sul. 

"Uma em cada três mulheres irão sofrer violência por causa de seu gênero em suas vidas; no ano passado, 243 milhões de mulheres e meninas já passaram por isso. Crises humanitárias como a Covid-19 apenas pioram esse quadro", disse Theron no Twitter. 

"Eu estou muito orgulhosa que essas mulheres excepcionais e poderosas ouviram meu apelo e estão se unindo como uma só". 

Mais de 50 mulheres do cinema, esportes, moda e negócios prometeram doações à campanha para ajudar as mulheres que enfrentam a violência durante o período de isolamento. 

Entre as atrizes que irão se unir à campanha de Theron estão Michelle Williams, Salma Hayek, Laura Linney e também a vencedora do Oscar Viola Davis. As doações ao fundo irão apoiar mulheres em até 10 países diferentes, de acordo com um comunicado da campanha. 

"Eu sou uma sobrevivente da violência doméstica infantil. É o mais inaceitável de todos os abusos", disse a atriz Viola Davis em nota.