Cerimônia do Globo de Ouro terá apenas refeição à base de plantas

Jonathan Landrum Jr.


O Globo de Ouro, conhecido como 'a festa do ano', terá um cardápio sem carne em sua 77ª edição em 2020.
Os convidados serão servidos com uma refeição 100% à base de plantas no próximo domingo. A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood afirmou nesta quinta-feira, 2, que quer que a iniciativa desperte consciência ambiental sobre consumo e desperdício de comida.
"Se há uma maneira que podemos, não mudar o mundo, mas salvar o planeta, talvez nós possamos fazer com que o Globo de Ouro mande um sinal e chame atenção para a questão sobre a mudança climática", disse Lorenzo Soria, presidente da Associação.
"A comida que comemos, a forma como cultivamos a comida que comemos, a forma como dispomos da comida são alguns dos maiores contribuintes da crise climática", prosseguiu.
A cerimônia anual do prêmio será transmitida [nos Estados Unidos] pela NBC e sediada no The Beverly Hilton, em Beverly Hills, na Califórnia.



VEJA TAMBÉM: Artistas que se tornaram veganos


Soria diz que houve alguma relutância inicial em mudar o cardápio apenas duas semanas antes do evento, mas o hotel concordou com o novo menu.
"Pessoas estão basicamente dizendo que é tarde demais, que já estamos prontos com todos os pedidos, as festas, e tudo isso. Mas, depois que começamos as discussões, dentro de um ou dois dias (o hotel) aceitou a mudança completa. Eles começaram a experimentar como fazer pratos à base de plantas que não sejam apenas seus primeiros passos simbólicos, mas também algo que os convidados vão aproveitar".
Matthew Morgan, chefe executivo do The Beverly Hilton, chamou a mudança de cardápio de surpresa inicialmente. Mas, depois, entendeu que passaria uma mensagem positiva.
"Foi um pouco chocante quando mencionado pela primeira vez, porque estávamos bem perto desta edição do Globo de Ouro, e já havíamos decidido o menu", diz ele. "Mas, uma vez que pensamos sobre isso e a mensagem que seria transmitida, ficamos muito animados."
Itens da entrada principal incluem escalopes de cogumelo ostra-rei e risoto de cogumelos selvagens, batata roxa assada e couve-de-bruxelas e cenouras. Uma sopa de beterraba será servida como aperitivo.
A associação também fez uma parceria com a Icelandic Glacial, fonte de água natualmente alcalina e de origem sustentável. A água será servida em copos para eliminar o desperdício de plástico.
O tapete vermelho será reutilizado em outros eventos ao longo do ano.
Soria afirmou que a comida é "excelente" após tê-la experimentado recentemente.
Morgan diz que fazer a mudança não é tão difícil. Ele afirma que a primeira leva de pratos já era vegana, e o prato principal tinha uma alternativa vegana, a qual eles incrementaram com alguma "cor ao prato".