Censo 2021: IBGE suspende concurso com 204 mil vagas

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
BRAZIL - 2019/07/11: In this photo illustration a Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Motivo é redução no orçamento destinado ao Censo 2021 para R$ 71 milhões (Foto-ilustração por Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • IBGE decidiu cancelar concursos para o Censo 2021

  • Motivo foi a redução do orçamento previsto para a pesquisa aprovada pelo Congresso

  • Provas para cerca de 204 mil vagas aconteceriam ainda em abril de 2021

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) anunciou nesta terça-feira (6) a suspensão do concurso para o Censo 2021. Provas seriam para 181.898 vagas de recenseador e outras 22.409 para agente municipal e supervisor e aconteceriam ainda em abril de 2021. As informações são do G1.

Leia também:

A medida acontece depois de o Congresso reduzir a somente R$ 71 milhões o valor destinado para que a pesquisa seja feita. Segundo o IBGE, a decisão inviabiliza que o Censo seja realizado. O texto, no entanto, ainda não foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em nota, o instituto informa que “avaliará com o Cebraspe [organizador do concurso] um novo planejamento para aplicação das provas, a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico".

O concurso

Ao todo, são 204.307 vagas, com salários que chegam a R$ 2,1 mil. Por conta do volume de vagas, este é um dos concursos mais aguardados do ano.

O total de oportunidades se divide em três categorias:

  • 181.898 vagas para recenseador, com remuneração de acordo com o número de domicílios visitados e questionários respondidos.

  • 5.450 vagas para Agentes Censitários Municipais, com salários de R$ 2.100.

  • 16.959 vagas para Agentes Censitários Supervisores, com om salários de R$ 1.700.