Cena com atores da versão antiga de "Pantanal" ficará fora de remake; entenda

Marcos Palmeira interpreta Zé Leôncio em
Marcos Palmeira interpreta Zé Leôncio em "Pantanal" (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

O diretor Bruno Luperi gravou algumas cenas com atores da primeira versão de "Pantanal", mas um imprevisto deixará uma delas de fora do último capítulo da trama. Na cena, a atriz Giovanna Gold, que interpretou Zefa na versão dos anos 90, diria ao noivo que não acreditava que Tadeu finalmente iria se casar.

A cena acabou não sendo gravada por falta de luz na locação - o Clube dos Oficiais Bombeiros, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A informação é da jornalista Patricia Kogut, do jornal "O Globo".

Mesmo com uma cena ficando de fora, vários atores que participaram da primeira versão da novela estarão no último capítulo do remake. Giovanna Gold, Cristiana Oliveira, Ingra Lyberato e Sérgio Reis estarão na festa final de "Pantanal", e serão apresentados como amigos de José Leôncio (Marcos Palmeira), que finalmente se casará com Filó (Dira Paes).

Mudanças na trama

Bruno Luperi recebeu muitas críticas nos últimos meses por não modificar algumas tramas de "Pantanal". O autor do remake manteve praticamente todos os destinos dos personagens da novela original dos anos 90, e não cedeu à pressão do público por mudanças.

"O público tem que aceitar. As mudanças que foram feitas são da ordem de produção. Por exemplo, não conseguimos gravar tudo no Pantanal por conta da pandemia, de problemas de elenco, de acidentes internos... A gente tem que adaptar isso. Não é uma mudança de rumo. O rumo é este, a novela está estabelecida. É obra fechada, sim. Fiquei à disposição da direção e ainda estou, para alterar o que for preciso para a história acontecer", contou ele para a jornalista Patricia Kogut.

Luperi disse ainda que foi especialmente pressionado a mudar o destino de Trindade (Gabriel Sater), que acaba abandonando Irma (Camila Morgado) para protegê-la de uma entidade demoníaca. O público queria um final feliz entre o violeiro e a carioca, e muitos não aceitam que a personagem termine ao lado de José Lucas (Irandhir Santos).

"Isso é mérito do Gabriel Sater, do carisma que ele tem, o público ficou doido por ele. E a Camila é sensacional. É um casal que deu química, difícil de desfazer. Mas a vida é assim, casais são desfeitos. Vamos ver até o final. Eu considero que as decisões que podiam ser tomadas foram tomadas. É muito mais confortável olhar de fora e apontar".